Novo(a) por aqui?
Leia nosso tópico de boas vindas e descubra o que Lodoss tem a oferecer!

>>> Clique Aqui <<<

Tenha uma ótima aventura!


Últimos assuntos
» Tópico de vida
Sab 15 Jul 2017, 8:09 pm por ADM Hayate

» Tenkai
Sex 15 Mar 2013, 12:13 am por Bluesday

» Fortitudo Lapidum - Camp
Qui 14 Mar 2013, 11:19 pm por yoda

» Chamada ONE: Attention Please!
Seg 11 Mar 2013, 12:03 pm por Kaien Saller

» Novo Fórum, Novo Domínio!
Seg 11 Mar 2013, 1:30 am por ADM Hayate

» Novo no pedaço
Seg 25 Fev 2013, 1:10 pm por Arcturus Steelbreaker

» Dúvidas sobre ficha
Sex 22 Fev 2013, 8:21 pm por Peregrino

» [FP]Jason Stifler Grace
Sex 22 Fev 2013, 12:40 am por Jason Stifler Grace

» Nostalgia e Parabéns
Seg 18 Fev 2013, 6:48 pm por Bluesday




>Nuvens amaldiçoadas ameaçam cobrir a ilha!

> Leroooy!

> Casa é destruída no Vilarejo de Calm

> Mais notícias...






> Construção de Sede de Guilda

> "Entrega"

> Caçador de Hidra

> Ajudante de Porto

> Pesca em Calm

> Ovos de Dragão

Entre o Céu e o Inferno - Campanha

Página 5 de 5 Anterior  1, 2, 3, 4, 5

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Entre o Céu e o Inferno - Campanha

Mensagem por Gin em Dom 08 Maio 2011, 9:47 am

Gin tratou de pegar seus suprimentos e espalhar-nos igualmente em sua mochila. Provavelmente teria que lutar com ela nas costas e não queria que a mesma prejudicasse seus movimentos na hora que mais importava. Ajustou-na e tomou mais um gole da deliciosa bebida que tinha em mãos. Pegou uma fruta para ir mordiscando no caminho.

Passou por Altrouge e Khiev dando um pequeno aceno de cabeça e um sorriso. A pequena garota nada podia fazer com relação a sua situação mas sabia, por instinto, que poderia muito bem acabar com sua ''senhora''. Ignorou este fato e foi em frente.

Logo chegaram ao bueiro por onde deviam descer. Jogou o restante da sua fruta de lado e tratou logo de abrir o bueiro com Akkin e Raigor. Depois de algum esforço o buraco estava disponível para acesso.


Bom..Disse, encarando a escuridão e o fedor que exalavam do local.Vai lá Raigor, meu rapaz.

Desceu juntamente com seus companheiros. Chegou ao solo e olhou ao redor. Com certeza não parecia um esgoto comum e sim uma passagem. Deviam estar no lugar certo. O fedor também era menor que o de um costumeiro esgoto, aumentando ainda mais a sua certeza. Foram em frente, ignorando os ratos que não tardavam de aparecerem.

Não ficou assustado e nem alarmado por onde estavam. Sua expectativa de briga, porém, aumentava e já começava a ficar impaciente. A única coisa que incomodava-no era esperar algo acontecer. Alguns instantes depois tiveram que parar já que sua passagem estava bloqueada. Já que nenhum dos seus companheiros manifestava-se, Gin tratou de arrancar os mapas das mãos de Raigor.


Olhem aqui.Disse, chamando todos com sua mão.Podemos continuar em frente até chegar nessa espécie de clareira aqui.Apontou com o dedo.Continuamos pelo único caminho até chegar nessa segunda clareira com quatro caminhos.Apontou novamente com o dedo e parou para pensar.Parece-me que, se formos pela direita, não haverá uma ligação direta com o nosso caminho já que os caminhos não se encontram e sim são paralelos. Devemos então continuar pela esquerda.Foi arrastando o dedo pelo mapa.Até chegar na terceira clareira onde inclusive há outro bueiro onde podemos sair caso algo aconteça.

Parou, esperando que todos estivessem acompanhando seu raciocínio. Assim como Akkin, não achava que sair do local era a ação mais apropriada. Poderiam ser avistados de fora e certamente seus inimigos saberiam de sua presença.

Agora, depois de chegar na clareira onde há o bueiro..Estudou o mapa com os olhos.Vamos para o norte e para a direita onde há uma pequena clareira imediatamente após a clareira que estaríamos. Depois é somente um longo corredor até virarmos na única esquerda e depois, esquerda novamente. Estaremos no noso caminho, apesar da imensa volta que vamos dar. Vamos, sigam-me agora.

Tomou a dianteira, com o mapa enrolado em suas mãos. Ia abrindo-no de tempos em temos para certificar-se do caminho tomado. Sabia que algo estava prestes a acontecer e, por isso, ficou atento a qualquer movimento que fosse mais inesperado ao seu redor.

_________________


L$:--
Atributos:
Força Física:3
Força Mágica:2+1
Velocidade de Ataque:5
Velocidade de Movimento:5
Precisão:2+1
Vitalidade:3+1


Montaria: Choudon
Spoiler:

Força Física:5+1
Força Mágica:1
Velocidade de Ataque:2
Velocidade de Movimento:4
Precisão:3
Vitalidade:5+1
_____________________________________________
avatar
Gin
Narrador
Narrador

Número de Mensagens : 788
Idade : 27
Reputação : Neutro Wanted :
0 / 1000 / 100

Data de inscrição : 16/10/2008

Ficha do personagem
Exp: 900/1000
Lvl: 4
HP: 87%

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Entre o Céu e o Inferno - Campanha

Mensagem por Ivy-chan em Qua 11 Maio 2011, 12:21 am

Altrouge tratava cada um ali, com total insignificância, ignorando qualquer "pirraça" que viesse de qualquer um do local.

Não possuía nenhum interesse na missão, apenas a pura diversão.

Agora, no "comando" do escravo de Shadira, a vampira tomava algumas providências. Ou melhor, fizera com que o anão tomasse providências.

Altrouge, mesmo mostrando requinte, não pareceu ligar para o fato de estarem em um esgoto.


- Que tal ir em direção à câmara?
avatar
Ivy-chan
Aventureiro
Aventureiro

Número de Mensagens : 156
Idade : 30
Localização : RJ
Reputação : Neutro Wanted :
0 / 1000 / 100

Data de inscrição : 03/08/2009

Ficha do personagem
Exp: 890/1000
Lvl: 2
HP: 80%

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Capítulo 3 - No Subsolo de Hilydrus

Mensagem por Goldsilver Ironsteel em Qua 11 Maio 2011, 12:12 pm

Campanha - Entre o Céu e o Inferno



Sumário da Campanha

Prólogo - A Expedição
Capítulo 1 - O Sobrevivente

Capítulo 2 - Uma Trama de Outro Mundo



Status da Campanha

Fim do Capítulo 2 - Uma Trama de Outro Mundo



Capítulo 3 - No Subsolo de Hilydrus


Até agora...

Os intrépidos aventureiros descobriram através das explicações do mago Iolavos, que Hilydrus e toda a ilha de Lodoss correm um grande perigo promovido por criaturas vindas de um outro mundo conhecidas como ilithids ou, devoradores de mentes. Após o fracasso de Zaran e sua expedição que visavam destruir o esconderijo principal dos monstros localizado no centro da misteriosa floresta Endless, coube a Iolavos preparar as defesas de Hilydrus contra a ameaça extraplanar.
Os aventureiros descobriram também que os ilithids possuem aliados dentro da própría cidade de Hilydrus, a Irmandade das Sombras, uma sinistra guilda de assassinos inescrupulosos.
Como se a situação já não estivesse ruim o suficiente, Lucian, o discípulo de Iolavos foi capturado pela Irmandade das Sombras juntamente com Hayate Knnel, ambos agora estão sendo usados como reféns para obrigar Iolavos a manter-se preso dentro de sua própria torre.
Após essa notícia os aventureiros vão a procura de informações onde Lucian e a Irmandade das Sombras poderiam estar escondidas e para isso, são obrigados a procurarem a infame Shadira A Feiticeira Púrpura.
No encontro com a feiticeira o grupo descobre que Shadira e Raigor têm um passado juntos mas não desvendam nada além disso. Ali eles também encontram a bela vampira Altrouge e por um acaso Khiëv, uma jovem e curiosa youkai.
Ao falarem com a feiticeira em busca de informações, ela informa saber onde a Irmandade das Sombras se esconde mas em troca de revelar seus conhecimentos exige como pagamento que o grupo roube um artefato conhecido como Rubi Coração que está em poder de um assassino chamado Garra Vermelha.
Após observarem Khiëv perder sua liberdade sendo escravizada friamente por Shadira, o grupo rapidamente se equipa e parte para uma aventura sombria nos subterrâneos tendo as duas belas mulheres que encontraram com Shadira adicionadas ao grupo.
Tudo parecia correr bem mas infelizmente um dos caminhos que seguia para a direção onde o grupo deveria ir está bloqueado por um desabamento, caberá aos corajosos aventureiros procurarem uma rota alternativa.
Enquanto o grupo decide o que fazer e qual caminho seguir, Hayate Knnel, Niimai Zilernt e Lucian apodrecem em alguma cela escura e fria, mas eles não estão sozinhos, estão na compania de um estranho e misterioso ninja.

Onde será que está o esconderijo da Irmandade das Sombras e qual caminho seguir?
Por que a Irmandade obedece aos ilithids?
Será que os devoradores de mentes possuem outros aliados?
Quais os planos de Shadira para essa trama?
Como Khiëv se libertará da magia da Feiticeira Púrpura?
Onde Hayate e Nimaii estão aprisionados e quem será o estranho ninja que está com eles?

Não deixe de acompanhar a saga mais sinistra da terra de Lodoss para saber isso e muito mais!




Premiações:


XP total de todos os capítulos.

Gin

+80 EXP por interpretação
+50 EXP por vencer os guardas
+5 EXP por aprender sobre planos de existência com Iolavos
+15 EXP por aprender sobre devoradores de mentes
+100 EXP bônus (ajuste de nível)

Total: 250 exp


Akkin

+80 EXP por interpretação
+50 EXP por derrotar os assassinos na primeira noite
+50 EXP por vencer os guardas
+5 EXP por aprender sobre planos de existência com Iolavos
+15 EXP por aprender sobre devoradores de mentes
+100 EXP bônus (ajuste de nível)

Total: 300 exp


Altrouge

+50 EXP por interpretação
+200 EXP bônus (ajuste de níve + ajuste de evoluçãol)

Total: 250 exp


Khiëv

+50 EXP por interpretação
+250 EXP bônus (ajuste de níve + ajuste de evoluçãol)

Total: 300 exp


Hayate

+50 EXP por interpretação
+50 EXP por derrotar um vampiro
+15 EXP por aprender sobre os planos de existência com Iolavos
+15 EXP por aprender sobre devoradores de mentes
+170 EXP (ajuste de níve + ajuste de evoluçãol)

Total: 300 exp


Nimaii

+50 EXP por interpretação
+250 EXP (ajuste de níve + ajuste de evoluçãol)

Total: 300 exp
avatar
Goldsilver Ironsteel
Desbravador
Desbravador

Número de Mensagens : 503
Idade : 32
Localização : Santos-SP.
Reputação : +30 Wanted :
0 / 1000 / 100

Data de inscrição : 14/09/2010

Ficha do personagem
Exp: 3195/4000
Lvl: 4
HP: 100%

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Entre o Céu e o Inferno - Campanha

Mensagem por Goldsilver Ironsteel em Qua 11 Maio 2011, 5:47 pm

@ Khiëv, Gin, Akkin e Altrouge

O grupo de aventureiros seguia destemido pelos tuneis escuros e sinistros que pareciam não serem usados a muito tempo nem mesmo com a finalidade de escoamento do esgoto, prova disso é que acima de suas cabeças valetas imundas de fezes encharcavam o chão das ruas.

Caminharam até chegarem em um cruzamento onde deveriam seguir para a direita, mas o caminho estava bloqueado por conta de um desmoronamento, depois de uma breve avaliação no mapa decidiram seguir em frente acatando a sugestão de Gin e Altrouge. Agora Gin mantinha o mapa consigo.

O grupo caminhou até chegar em uma câmara circular com cerca de 10m de circunferência, o centro da câmara era profundo e estava tomado por um pequeno lago que ficava ha 1 metro de profundidade da borda, sua água era esverdeada, estagnada e pútrida com inúmeras bolhas saindo de suas profundezas e unindo-se em sua superfície para formar uma manta asquerosa de espuma amarela. As laterais da câmara possuiam passadiços estreitos e sem corrimão que permitiam que apenas uma pessoa desfilase por vez o que obrigaria os aventureiros a seguirem em uma única fila indiana para alcançar a saída ao norte.

Rapidamente seguiram em ordem, Gin a frente seguido por Raigor, seguido por Akkin, seguido por Khiëv que por sua vez era seguida por Altrouge. O grupo seguia com cuidado pelo passadiço, parecia que nada daria errado, primeiro Gin alcançou o arco que dava acesso a continuidade do caminho sendo acompanhado de perto por todos os outros até chegar na vez de Altrouge.

Assim que a vampira alcançou o arco dando suas costas a câmara sentiu algo enrolar-se em suas pernas com força, olhou para baixo e viu um tentáculo negro enrroscando-se em suas duas pernas, chegou a gritar para avisar o grupo mas sua boca fora calada no momento em que um segundo tentáculo envolveu sua cabeça na altura da mandíbula. Os outros tiveram tempo de se virar e ver Altrouge ser puchada para cima por um par de tentáculos negros.

Sem demora o grupo se dirigiu devolta ao arco e olhando para o teto puderam ver uma criatura asquerosa agarrando Altrouge e preparando-se para abocanhá-la.


Perceberam que os tentáculos não eram tentáculos mas sim os membros da criatura que eram extremamente maleáveis e alongados. O monstro prendia-se ao tento segurando-se em algumas barras de ferro enferrujadas que cumpunham a estrutura da cúpula. Ele estava ha aproximadamente uns 5 metros de altura o que impossibilitava o grupo de atacá-lo com ataques corpo a corpo.
A criatura segurava Altrouge de cabeça para baixo e preparáva-se para morder a mulher. A vampira tentava se libertar a todo custo, ela era naturalmente muito forte mas o monstro horrendo que a agarrava era mais forte ainda. Para sair dessa ela dependeria de seus companheiros.

Rapidamente Raigor puxou seu arco e falou para Gin.

E agora o que faremos? Se eu atacar o monstro corro o risco de acertar nossa companheira. algum de vocês tem algum plano? — Falava Raigor enquanto tensionava a corda de seu arco segurando duas flechas de uma vez e apontando-as para seu alvo.

OFF: Atenção este é o mapa de combate. Lembrem-se que o monstro está ah 5 metros de altura preso no teto, os únicos que podem atacá-lo são Raigor e a própria Altrouge que pode tentar algo. Os outros poderão atacar caso consigam encontrar formas de ataque a distância. Observem a imagem abaixo para uma visualização do campo de combate.


<Altrouge sofreu 10% de dano na HP devido ao ataque do monstro e agora está com as pernas e a cabeça imobilizadas, porém seus braços estão livres.>




@ Hayate e Nimaii

Faziam duas semanas que Hayate fora capturado na floresta depois da luta com os vampiros, ele não lembra de como veio parar onde está agora, apenas lembra-se do olhar penetrante da vampira apoderamdo-se de sua mente. Agora ele estava em uma prisão, sua cela possuia 4x4m², o teto alcançava 3 metros, as paredes norte, leste e o teto eram feitos de rocha pura enquanto que os lados sul e oeste eram bloqueados por barras grossas de ferro. Olhando em direção ao sul era possível ver mais quatro outras celas.

Um grande corredor dava acesso a todas as celas enquanto que uma grande e pesada porta de ferro localizada no extremo sul da parede oeste parecia ser a saída daquele lugar. As paredes de pedra, o chão e o teto do lugar pareciam terem sido escavados na própria rocha pois não apresentavam sinais de encaixes ou rejuntes.

Na sela ao lado um ninja meditava, quando Hayate chegou aqui esse ninja já estava ali sempre meditando ou fazendo pequenos exercícios físicos, Hayate não conseguia se comunicar com ele por estar em sua forma feral. De qualquer forma enquanto estava ali pensando em uma forma de escapar ele viu a pesada porta de ferro se abrir com seis homens saindo de dentro, esses homens usavam armaduras leves, corseletes de couro e portavam espadas longas e escudos médios de madeira.
Os escudos eram pintados de negro, as lâminas de suas espadas eram escurecidas de forma que o metal não brilhase, suas roupas e armaduras também eram completamente negras.

Seja lá quem eram eles, eram os guardas misteriosos desta prisão sinistra e Hayate já os conhecia de tal forma que já havia se acostumado a rotina do lugar que era basicamente uma refeição por dia e a entrada e saída regular de prisioneiros. De fato nessas duas semanas que estava aqui viu muitas pessoas circularem por estas celas, ele não sabia os destinos que elas tinham, sabia apenas que não era algo bom. Ele estava ancioso e sua ansiedade piorava a cada dia agravando-se no dia anterior quando Lucian foi levado.

Enquanto pensava e observava aqueles homens entrarem, viu-os trazerem 3 pessoas, eram três homens, dois pareciam-se com aldeões comuns e um era diferente, vestia-se de forma exótica.
Os guardas colocaram cada novo prisioneiro em uma cela separada e depois disso sairam deixando o aposento vazio. Todos exceto Hayate e o ninja misterioso estavam desacordados.

OFF: Esquema da prisão.




Nimaii



O Ninja



Hayate
avatar
Goldsilver Ironsteel
Desbravador
Desbravador

Número de Mensagens : 503
Idade : 32
Localização : Santos-SP.
Reputação : +30 Wanted :
0 / 1000 / 100

Data de inscrição : 14/09/2010

Ficha do personagem
Exp: 3195/4000
Lvl: 4
HP: 100%

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Entre o Céu e o Inferno - Campanha

Mensagem por Hayate em Qui 12 Maio 2011, 2:33 am

Perdera a noção do tempo. A dias não sabia o que era dia ou noite, se estava cansado ou não. Não sabia mais se eram horas, dias ou meses que se passavam. Ficava apenas ali, em sua forma de lobo, sem poder fazer nada. Um lobisomem negro, enorme, irritado, porém sem conseguir dar sequer um passo para fora daquela cela. Sequer tinha conseguido mover aquelas barras de ferro, por mais que, nos primeiros dias, tenha tentado arrebentá-las jogando seu peso contra elas. Era inútil. Certa vez, ouvira um guarda questionar o outro do porquê terem de alimentar os prisioneiros. Hayate ouviu uma resposta similar com "Os mestres não gostam que a comida esteja maltratada". Não demorou para esquecer.

Quando tinha acordado, passou os primeiros dias confuso, incapaz de compreender como chegara ali e porque. Prisioneiros iam e viam, e Hayate não queria falar com eles — não conseguia voltar à forma humana, e isso o deixava frustrado. Talvez porque fosse mais fácil mantê-lo preso assim, um prisioneiro "mais resistente". Ou porque toda aquela pedra em volta impedisse que suas almas se acalmassem e ele pudesse voltar a ser um humano. O Espírito Mundo deveria ter se esquecido dele, ou não conseguia encontrá-lo. Poderia até estar castigando-o por ter sido tão imprudente.

Duas semanas passaram-se como anos. Dormia pouco, parte do tempo andava de um lado para o outro da cela com suas quatro patas em passadas apressadas. O sangue do vampiro que matara ainda estava em seu pêlo, seco, grudando alguns tufos. Era um sangue fedorento, o lobo sequer conseguiu lambê-lo pelo gosto desagradável de um cadáver. Com o tempo parte do cheiro se foi, mas o sangue continuava grudado em seu pêlo negro e sujo. Toda sua pelagem costumava ser lisa, agora estava opaca, imunda, e Hayate ganhou uma aparência mais intimidadora contra sua vontade. Depois de tanto tempo preso, sua mente passou a ficar inconstante — menos humana, mais animal. A ansiedade de sair dali nunca cessara, nem esquecera do seu objetivo. Porém já não era mais o ser calmo e compreensivo que sempre fora. Estava impaciente, nervoso. Por vezes avançou sobre o soldado que lhe trazia a comida, para então chocar-se contra as grades e dar seus latidos graves e roucos que mais pareciam rugidos.

A comida era insuficiente. Naquela forma, Hayate poderia devorar um auroque adulto e ainda ficaria com fome. Mas era resistente como lobo, ficaria semanas sem comer ou beber. Mas tudo tinha limites. Queria sair dali, e devorar aqueles soldados. Suas carnes pareciam suculentas abaixo da armadura "crocante"... Enfim, finalmente tentou falar com alguem. Aquele silêncio o atormentava tanto quanto o fato de estar preso. A cela ao lado tinha um estranho homem que sempre meditava ou se exercitava.

— Ei... — Sua voz soou como um rosnado grave, o que de fato era. Aproximou-se da grade devagar, fitando o homem. Ignorava os outros três ali. — Porque estamos aqui...? Quero sair...

Estava um tanto cansado. Comia pouco, tinha pouca energia. Talvez fosse isso que queriam... deixá-lo fraco. Mas ainda conseguiria lutar. Arrancaria a cabeça de todos aqueles soldados quando tivesse a chance.
avatar
Hayate
Aventureiro
Aventureiro

Número de Mensagens : 68
Reputação : Neutro Wanted :
0 / 1000 / 100

Data de inscrição : 26/07/2010

Ficha do personagem
Exp: 550/1000
Lvl: 1
HP: 100%

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Entre o Céu e o Inferno - Campanha

Mensagem por Carllos em Qui 12 Maio 2011, 8:35 am

Niimai acordava e se encontrava prisioneiro novamente ,mas dessa vez em uma prisão diferente da que estava em sua terra natal.
_O que é isso ;será que voltei a estaca zero?_
Pensava o jovem se levantando e indo até as grades de sua cela ,olhava todo o ambiente e o analisava ,procurava uma forma de sair dali pois não entendia o motivo de estar ali como prisioneiro ,tentou se lembrar de como foi parar ali.
_Bem pelo menos não estou crucificado ,como na prisão anterior!Boa Niimai nem um dia direito de liberdade teve e já me encontro prisioneiro novamente!_
Olhava para sua esquerda ,via 2 homens meio que desacordados em celas separadas e na sua direita mais duas celas uma com um ninja meditando e outra com uma fera que se encontrava na cela ao lado do ninja.
Se aproximou mais para a direita e pois era onde estava os únicos prisioneiros acordados e falou ao ninja e ao licantropo.
_Bem vocês 2 ,não sei o motivo de se estar aqui ,mas poderíamos nos unir para fugir desse lugar._
Voltou se para a parede e passava a mão nela como se procurasse algo ali perdido.
avatar
Carllos
Aventureiro
Aventureiro

Número de Mensagens : 160
Idade : 30
Localização : Zona oeste do rj
Reputação : Neutro Wanted :
0 / 1000 / 100

Data de inscrição : 11/03/2011

Ficha do personagem
Exp: 450/1000
Lvl: 1
HP: 100%

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Entre o Céu e o Inferno - Campanha

Mensagem por Kronos Hiily em Seg 16 Maio 2011, 6:17 pm

Enquanto Akkin falava, Gin tomou a frente e decidiu por todos. Bem, não resolveu contestar, apenas seguiu o companheiro, sempre atento ao que poderia ver mais a frente. O grupo seguia tranqüilo, andaram por alguns minutos até chegar à câmara circular, como havia sido identificada no mapa.

O local não era lá um dos melhores. O cheiro fétido do líquido viscoso no centro, fazia o Hanyou levar as mãos até o nariz, na tentativa de amenizar aquela sensação que lhe fazia enojar. Preferiu continuar andando, dessa vez a passos largos, para poder sair dali o mais rápido possível. Porém, não foi o que aconteceu.

Um grito. Rapidamente abafado, mas pôde-se percebê-lo. Todos viraram para trás de forma uníssona e Akkin deu um sorriso, mesmo que a situação não pedisse tal ato. Um horripilante monstro, com sua pele em dois tons que lhe davam um aspecto “manchado”, seus tentáculos asquerosos e seu corpo maleável, agarrava a vampira, colocando-a em severos apuros.

- Até que enfim! O tédio já estava me consumindo. Bem, poderíamos deixar a vampira morrer, ela me da calafrios. Contudo, seria cruel demais. Vamos nessa, yahoooo!

Ele não batia bem da cabeça. Passou como uma bala por Raigor, e correu pela passagem estreita, claro, com muito cuidado para não deslizar e cair naquele “lago” verde e horrível. Chegando até a lateral do monstro, já era possível ver uma linha rodeando e contornando o corpo de Akkin. Sua habilidade fora ativada.

O que impressionava, vinha em seguida. A linha se rompia se dividindo em diversas outras que rodopiavam com mais velocidade ao redor do corpo do rapaz. O Hanyou ergueu as mãos, e aos poucos, uma energia se acumulava tomando forma. Estendia-se tanto para trás como para frente, transformando-se logo em seguida em fogo. Depois, outra camada surgia por cima do fogo. Era transparente, mas via-se que estava em constante movimento... Vento. Ao final, uma poderosa lança, com um poder destrutível ampliado.

- 3, 2, 1, Vai!

Segurou com leveza a sua criação, e colocando toda a sua força, arremessou na criatura. Sua intenção era perfurar uma de suas pernas, ou até mesmo o centro de seu corpo. Havia tirado totalmente o arremesso da direção de Altrouge. Apesar de poder criar um número ilimitado de lanças, seu tempo era limitado. Por enquanto poderia manter por um tempo seu poder... Por enquanto.
avatar
Kronos Hiily
Punk Demon
Punk Demon

Número de Mensagens : 261
Idade : 21
Localização : Belém - Pará
Reputação : Neutro Wanted :
42 / 10042 / 100

Data de inscrição : 06/03/2010

Ficha do personagem
Exp: 3400/4000
Lvl: 3
HP: 100%

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Entre o Céu e o Inferno - Campanha

Mensagem por Ivy-chan em Seg 16 Maio 2011, 7:44 pm

Tudo parecia estar bem calmo, Altrouge caminhava em silêncio, não trocara nenhuma palavra, com ninguém. Exceto no momento em que manifestou sua opinião.

Continuaram a seguir o caminho, em silêncio. Tudo estava realmente calmo, silencioso e "sob controle". Foi quando a vampira fora pega de surpresa, mal tivera tempo de avisar aos outros da equipe.

A vampira, de inicio, debateu-se tentando se soltar; mas não fora lá muito efetivo. Parou e olhou em volta, analisando o lugar.

O Hanyou foi o primeiro a se manifestar. Resolveu não fazer nada, por agora, se não poderia acabar atrapalhando-o. No entanto, esticou os braços, afim de alcançar as barras de ferro.
avatar
Ivy-chan
Aventureiro
Aventureiro

Número de Mensagens : 156
Idade : 30
Localização : RJ
Reputação : Neutro Wanted :
0 / 1000 / 100

Data de inscrição : 03/08/2009

Ficha do personagem
Exp: 890/1000
Lvl: 2
HP: 80%

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Entre o Céu e o Inferno - Campanha

Mensagem por Khiëv em Qua 18 Maio 2011, 11:53 am

A situação agora tomava novas proporções, e o clima voltava a ficar instável. Tudo com a chegada de um novo personagem na trama que se desenrolava. Mas agora, esta seria uma criatura que parecia habitar o âmago daquele local imundo. Se anunciando o mais novo inimigo.
Akkin e Raigor se posicionavam, e o primeiro já se manifestava em atentar um ataque. Em dado momento, Khiëv calmamente se posicionava nas laterais de piso daquele arco, e levantava o olhar fixamente na direção de Altrouge e aquele abominável monstro que a segurava. Alternando ora para Altrouge, outrora a criatura. Os sentimentos que ela não deixava transpor além de sua calma seriam os de satisfação por ter a vampira em tal situação. Em certos momentos ela corrompia seus pensamentos, imaginando o qual malévola eles a tornavam. O fato é que, se os negligenciasse, Khiëv apenas assumiria uma posição de hipócrita para si mesma. Após Altrouge deixar de se debater em busca de sua liberdade, a youkai pôde notar que a mesma não se mantinha em desespero, e Khiëv não esperava por menos. Então, apenas sorriu em meio a tanta confusão e voltou sua atenção ao que importava.

Com o ataque de Akkin a criatura, e a sorte agindo para que esta não acertasse Altrouge, a youkai estendeu a cena olhando desde ao local onde o monstro permanecia, descendo calmamente o olhar até o chão, onde se deparou com o fétido lago, logo abaixo de todos. — Mas o quê? — Sussurrou, enquanto chutava uma pedra que ali se encontrava, vendo-a se afundar naquele lago pútrido, de forma lenta e medonha.

Khiëv não pretendia deixar Altrouge morrer, de forma nenhuma - Ou pelo menos não naquele momento. Tendo em vista que Shadira ordenou a youkai que a protegesse. Não arriscaria sua vida por aquela vampira, ela ainda não lhe valia tanto. E foi submersa nestes pensamentos que um estalar veio a sua mente. E ela então se perguntou o que aconteceria a Altrouge se por um deslize, ela e a criatura caíssem daquela altura, diretamente no lago. Boa coisa não poderia ser, visto que a criatura meticulosamente havia se posicionado há 5 metros de altura daquele local. E neste momento, o ataque que Akkin lançara lhe parecera uma terrível estupidez impensada. — Akkin seu idiota! — e voltou sua atenção à Altrouge rapidamente a questionando: — Minha querida, quanto você pesa?! — Se a resposta não correspondesse a suas expectativas, Khiëv estaria preparada para executar o plano b.
avatar
Khiëv
Aventureiro
Aventureiro

Número de Mensagens : 83
Idade : 23
Reputação : Neutro Wanted :
0 / 1000 / 100

Data de inscrição : 19/03/2011

Ficha do personagem
Exp: 300/1000
Lvl: 1
HP: 100%

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Entre o Céu e o Inferno - Campanha

Mensagem por Goldsilver Ironsteel em Ter 31 Maio 2011, 4:24 am

OFF: Desculpem a demora, estava esperando o Gin postar mais ele saiu da campanha, além disso eu estou sofrendo alguns problemas em minha vida real, coisa bem séria e não ando com cabeça pra jogar. Mas vamos lá.

@ Akkin, Khiëv e Altrouge.

A situação era desesperadora, tanto Raigor quando Khiëv notaram que Altrouge poderia cair no fosso inundado de água pútrida. Gin também foi um dos que notou isso. Rapidamente tomando a dianteira do combate, Akkin precipitou-se iniciando a batalha através da utilização de sua incrível habilidade.
A lança feita de fogo e ar moldados e endurecidos como aço, voou de suas mãos em direção a criatura atingindo-a no exato momento em que preparava-se para abocanhar Altrouge.

A lança atravesou a criatura para depois se desfazer em uma lufada de chamas que a queimou terrivelmente, como se já não bastase o ataque de Akkin, uma flechada certeira de Raigor também atingiu o monstro em cheio. Tomado pela dor o monstro largou Altrouge que já prevendo este acontecimento tentou agarrar-se nas barras de metal do teto. Felizmente a vampira conseguiu agarrar-se a tempo prendendo-se no teto.

O monstro caia gemendo de dor contorsendo-se na queda, e em uma fração de segundo um de seus tentáculos buscando apoio lançou-se para a borda do fosso agarrando uma das pernas de Gin. Pego de surpresa o aventureiro não teve tempo de reagir e logo se viu caindo junto com o monstro no fosso.
Neste momento um clarão branco ofuscou os olhos de todos e assim que a ofuscação momentânea passou, tods puderam ver apenas o monstro debatendo-se na água pútrida.

Todos olharam surpresos e apavorados e ficaram ainda mais apavorados quando viram que a água do fosso parecia viva e o que é pior, faminta, pois pseudópodes saiam de toda parte e envolviam o estrangulador enquanto a água ácida do fosso o dissolvia. Os aventureiros viram o estrangulador ser dissolvido rapidamente enquanto se debatia, gritava e gemia desesperadamente. Viram sua pele sua carne e seus músculos desprendendo-se e desfazendo-se até que apenas seus ossos restasem e estes por sua vez afundasem sem deixar vestígios. Tudo isso em questão de poucos segundos.

Ficou claro para todos que Altrouge não poderia cair naquela água ou morreria do mesmo jeito, foi então que ouviu a pergunta de Khiëv e tomou uma atitude, balançou-se nas barras pegando impulso e então se soltou sendo segurada em sua queda por Khiëv. Altrouge agora estava em segurança graças a seus companheiros.

Que clarão foi esse? O que aconteceu com Gin? — Questionava Raigor olhando desesperado para o fosso cheio de água verde, borbulhante e agora levemente avermelhada.

Foi quando a voz de Iolavos surgiu na mente de todos.

Ouçam-me todos. Apesar de não poder sair de minha torre ainda posso ajudá-los um pouco. Eu salvei Gin, ele está aqui comigo, mas vocês não têm tempo para perder. Acabei trazendo Gin junto com o mapa, estarei enviando o mapa devolta. Não poderei enviar Gin pois não tenho mais energias para enviá-lo devolta e creio que vou precisar da ajuda dele aqui por hora. Boa sorte amigos. — Depois destas palavras, um novo clarão ofuscou momentâneamente a todos e o mapa que estava com Gin surgiu aos pés de Raigor.

Ei amigos, essa foi por pouco, vamos continuar não podemos mais perder tempo. Vocês ouviram Iolavos, vamos. — Disse o ranger apressando o grupo e seguindo pelo corredor indicado no mapa.




@ Hayate e Nimaii.

Hayate e Nimaii olhavam para o ninja e o questionaram. Este por sua vez apenas respondeu.

Nós estamos aqui para servir de comida ou de oferenda. — Respondeu o ninja sem olhar para Hayate. — Mas isso é o que eles pensam que irá acontecer. Sejam pacientes e fiquem atentos, no momento certo eu irei agir. — Finalizou.

Hayate e Nimaii não entenderam o plano do ninja mas sentiram que ele não lhes diria mais nada caso lançasem mais perguntas a ele. Com isso em mente apenas ficaram em alerta esperando. A prisão onde estavam era muito escura e iluminada apenas por um par de tochas disposto nas paredes norte e sul. A sala ineteira e as celas eram tomadas por trevas, e foi nessas trevas que o ninja misterioso desapareceu bem diante dos olhos de Hayate e Nimaii.

No instante seguinte ao que o ninja desapareceu, a porta da sala abriu-se e dois homens entraram puxando um carrinho de madeira que continha a comida dos prisioneiros.

Ei! Cade aquele cara? — Questionou o primeiro guarda assim que viu que a segunda cela, a do ninja estava vazia. — Não é possível, ninguém nunca escapou daqui.

Rapidamente ele e seu companheiro correram para perto das grades trazendo uma tocha e viram que a cela estava de fato vazia. Curiosos abriram o portão de barras de ferro para investigar e começaram a olhar todos os cantos o pequeno aposento. Foi nesse momento que Hayate e Nimaii puderam ver o ninja surgir como que do nada bem diante dos seus olhos atrás de um dos guardas. Rapidamente o ninja quebrou o pescoço do guarda e antes deste cair no chão, retirou a espada dele da bainha e a usou para cortar fora a cabeça do segundo guarda. Ele fora incrivelmente rápido e eficaz.

Esses caras da Irmandade das Sombras, não passam de amadores. — Falou. Depois disso sem demora pegou as chaves das celas e abriu as celas de Hayate e Nimaii. — Está na hora de sair daqui. — Disse enquanto pegava uma das espadas curtas dos guardas para si.
avatar
Goldsilver Ironsteel
Desbravador
Desbravador

Número de Mensagens : 503
Idade : 32
Localização : Santos-SP.
Reputação : +30 Wanted :
0 / 1000 / 100

Data de inscrição : 14/09/2010

Ficha do personagem
Exp: 3195/4000
Lvl: 4
HP: 100%

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Entre o Céu e o Inferno - Campanha

Mensagem por Hayate em Qua 01 Jun 2011, 3:50 am

A resposta foi satisfatória, apesar de breve. O lobo ainda ficou um tempo fitando o ninja, seus olhos profundos pareciam varrer a mente daquele estranho homem. Logo ergueu-se, voltando a andar pela cela, até resolver se deitar no canto da cela onde as duas paredes se encontram. Quando o lobisomem negro ficava ali, era possível ver apenas sua silhueta e o reflexo das tochas em seus olhos. Isso se quizesse.

Foi quando o ninja desapareceu, e o que aconteceu em seguida foi rápido demais. Os guardas, de forma tola, entraram na cela do ninja para procurar por ele. Sequer tiveram tempo de reagir, e num instante estavam mortos ao chão. Hayate bufou, inquieto.

O cheiro de sangue atingiu suas narinas.

Fitou os homens mortos, mas só enxergava a carne suculenta e fresca que o esperava. Os músculos e órgãos com o sangue ainda quente pediam para ser devorados. O estômago de Hayate parecia se retorcer enquanto se levantava. Quando o ninja abriu sua cela, o lobo ficou receoso. Não porque desconfiava do homem, mas porquê tudo aquilo foi repentino: ficara incontáveis dias preso ali, para em menos de um minuto tudo aquilo acontecer e estar livre denovo. E estava faminto.

Saiu da sua cela e parou em frente à porta da cela vizinha, fitando os corpos caídos. Em todos esses dias preso, Hayate esquecera-se de quem era, do quê era, e do porquê estava ali. Porém, seus olhos lupinos avistaram vagamente as formas que deixavam os corpos, coisa que lobos puros enxergavam claramente. O lobo se conteve, e aos poucos suas memórias voltavam. Sacudiu a cabeça, resistindo ao impulso selvagem que o consumira nos últimos dias. Não era apenas um lobo jogado num buraco e alimentado com restos. Era Hayate, do Clã da Águia, um lobisomem, um espírito errante.

Sendo tomado devolta pela consciência, Hayate dirigiu-se ao carrinho de madeira onde a comida dos três prisioneiros estava. Comeu o que ali havia, imaginando que os outros dois não precisariam daquela comida tanto quanto ele. Ainda não havia comido o que precisava, mas sentia-se melhor. Sentou-se ao chão, seu enorme corpo muitas vezes maior do que um lobo comum era intimidador. Apesar do seu estado, sujo e magro, seu olhar ainda dispunha de uma determinação invejável. Havia se lembrado de seu objetivo.

— Você me libertou, estranho homem. Não fosse por você, eu teria definhado neste lugar. Por isso você tem minha lealdade. — Falou ao ninja, sua voz lupina saindo como um rosnar. — Sou Hayate, um lobisomem errante. Posso ser leal a você, mas ainda tenho meus objetivos. Mas precisamos sair daqui o mais rápido possível.

Então seus olhos caíram sobre Niimai, o estranho homem de cabelos brancos. Hayate o fitava, como se aguardasse respostas e procurasse saber quais eram suas intenções.
avatar
Hayate
Aventureiro
Aventureiro

Número de Mensagens : 68
Reputação : Neutro Wanted :
0 / 1000 / 100

Data de inscrição : 26/07/2010

Ficha do personagem
Exp: 550/1000
Lvl: 1
HP: 100%

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Entre o Céu e o Inferno - Campanha

Mensagem por Carllos em Qui 02 Jun 2011, 3:22 am

_Obrigado!_
Foram as palavras que Niimai usou como agradecimento ao ser liberto da cela pelo ninja ,logo foi ao encontro dos corpos dos guardas que o ninja lutou e verificou se tinha alguma arma ou outro item que poderia ser usado ao seu favor,enquanto procurava alguma coisa nos corpos dos guardas Niimai falava.
_Bem ,me chamo Niimai e sou nativo de outro plano estou aqui em Lodoss ...bem não é muito importante isso agora!_
Em seguida olhou para o ninja e o lobisomem ,falando.
_Prazer ;e obrigado novamente por me libertar ,então qual será o nosso plano?_
Niimai olhou novamente para o lobisomem e pensou.
_Esse cara deve ter pulgas...ou não..._
E continuava vasculhando os corpos a procura de algo.
avatar
Carllos
Aventureiro
Aventureiro

Número de Mensagens : 160
Idade : 30
Localização : Zona oeste do rj
Reputação : Neutro Wanted :
0 / 1000 / 100

Data de inscrição : 11/03/2011

Ficha do personagem
Exp: 450/1000
Lvl: 1
HP: 100%

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Entre o Céu e o Inferno - Campanha

Mensagem por Khiëv em Ter 07 Jun 2011, 2:49 am

Seus sentidos não haviam falhado, aquela água realmente não era mesmo uma boa opção amortecedora para Altrouge. No entanto, tudo havia saído menos trabalhoso do que a youkai imaginava. Logo na sequência, um clarão e a presença invasora de um homem em sua mente, vinham aliviando a tensão e o desespero de todos ali presente. Gin estava a salvo, dizia a imagem que Khiev julgou ser o tal Iolavos. E a vampira havia sido amparada pela sua inimiga não declarada. E a youkai apenas parecia se divertir e gozar da situação. — Você está me devendo uma, haha. — De acordo então com a decisão dos homens de prosseguir, Khiev os seguia adiante, com um irônico sorriso aos lábios, esperando - mesmo que em vão - um agradecimento por parte de Altrouge. E atenta também, para muitas das possíveis ameaças existentes ali.

Spoiler:
Qualidade de post 0 ~ Mas não vi muitas outras ações possíveis a se fazer. Dei uma resumidinha rápida, e vou ir nanar. [02:48 da manhã] Ninguém merece. u_ú
avatar
Khiëv
Aventureiro
Aventureiro

Número de Mensagens : 83
Idade : 23
Reputação : Neutro Wanted :
0 / 1000 / 100

Data de inscrição : 19/03/2011

Ficha do personagem
Exp: 300/1000
Lvl: 1
HP: 100%

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Entre o Céu e o Inferno - Campanha

Mensagem por Ivy-chan em Seg 13 Jun 2011, 11:10 am

Com as ações de seus companheiros, Altrouge agiu certo, segurando-se a tempo, antes de cair naquela água que não era só fétida e imunda. Ainda pendurada, deixou um imperceptível suspiro se alivio, escapar por entre seus lábios.
Ouviu a pergunta de Khiev, mas não respondeu; apenas jogou-se, sendo amortecida pela youkai.

Levantou-se e batera a poeira da roupa, quando uma voz invadiu sua mente, explicando tudo. Sorte para Gin, ela tinha quase certeza de que ele havia morrido, mas isto de fato não importava nenhum pouco para ela.

ouviu o que a youkai falava, e como resposta olhou-a com rispidez, sem nada dizer. Seguiu andando, sem questionar a decisão que ali fora tomada; afinal, ela queria mesmo acabar logo com isso. Ela notou o sorriso de ironia que se formava nos lábios da youkai, e por mais que aquilo a irrita-se, preferiu manter-se imparcial, apenas ignorando. Se Khiev esperava mesmo algum agradecimento, com certeza estaria fazendo-o à toa. A vampira possuía um orgulho incomum, e sabia que devia à youkai, mesmo que fosse pouco. Para Altrouge, o seu "obrigado", seria apenas um ato de retribuição. Então Khiev só o teria, quando [e se] precisasse.
avatar
Ivy-chan
Aventureiro
Aventureiro

Número de Mensagens : 156
Idade : 30
Localização : RJ
Reputação : Neutro Wanted :
0 / 1000 / 100

Data de inscrição : 03/08/2009

Ficha do personagem
Exp: 890/1000
Lvl: 2
HP: 80%

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Entre o Céu e o Inferno - Campanha

Mensagem por Kronos Hiily em Dom 19 Jun 2011, 2:34 am

[Desculpem a put@ demora. Muito ocupado x.x]

Certeiro! A lança pegou em cheio na criatura. E além de perfurá-la, ainda a queimou em grande parte do corpo. Para completar, uma flechada certeira de Raigor que acabou com o combate. O Hanyou abriu um enorme sorriso enquanto desativava sua habilidade e via a imensa criatura cair. Pelo menos por enquanto, seu tédio havia ido embora.

Quando estava prestes a sair dali o inesperado aconteceu. A criatura ainda conseguiu agarrar o pé de Gin na queda, levando-o para dentro daquele ambiente pútrido e corrosivo. Pensou que perderia mais um de seus amigos e ainda cogitou avançar na tentativa de salvá-lo, mais um enorme clarão o impediu.

A nova cena o fez recuar, devido ao susto que levou. Aquela água esverdeada devorada com gosto sua “presa”. Se Altrouge caísse naquela água, tudo estaria acabado para a vampira. Sorriu novamente, enquanto a voz de Iolavos surgia em sua mente, anunciando que Gin estava salvo. E como se nada tivesse acontecido, voltou ao ponto de onde pararam.

Alongou-se um pouco, fazendo até um ligeiro drama. Divertia-se ainda mais com o embate entre Khiëv e Altrouge, a Youkai e a Vampira. Considerando o caminho que ainda teria pela frente, aquilo iria representar muita confusão. Aproximou-se então da Youkai e passou por cima de seu ombro, o seu braço direito, dando um “meio-abraço” em Khiëv.

- Deixe-me lhe dizer uma coisa. – Iniciou falando – Não sou idiota. Creio que nós dois sabemos o que é uma batalha, por isso não me subestime. Não deveria pensar isso de um ex-soldado real de Hilydrus.

Seu tom de voz apesar era sarcástico, mas suas palavras demonstravam seriedade. Seu rosto mostrava um sorriso palhaço que jamais corresponderia a suas habilidades em batalha.

- Enfim, não se intimide, afinal, somos uma família agora!

E seguiu o caminho cantarolado músicas aleatórias dos tempos de soldado.
avatar
Kronos Hiily
Punk Demon
Punk Demon

Número de Mensagens : 261
Idade : 21
Localização : Belém - Pará
Reputação : Neutro Wanted :
42 / 10042 / 100

Data de inscrição : 06/03/2010

Ficha do personagem
Exp: 3400/4000
Lvl: 3
HP: 100%

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Entre o Céu e o Inferno - Campanha

Mensagem por Goldsilver Ironsteel em Seg 20 Jun 2011, 12:15 am

@ Akkin, Khiëv e Altrougue

Passado o susto do ataque promovido pela estranha criatura ao qual levou ao desaparecimento de Gin, o grupo seguiu novamente pelo caminho que haviam combinado. Caminharam por alguns minutos em linha reta até chegarem em uma esquina onda parte da parede havia desabado, mas para a felicidade deles mesmo esse pequeno desabamento não era suficiente para obstruir toda a passagem permitindo que o grupo prosseguise.

E assim fizeram até finalmente chegarem a uma câmara de formato semi elipsoide com 3 outros caminhos, um ao norte, um ao sul e um adiante seguindo ao oeste.



A câmara onde estavam era muito parecida com todo o restante do esgoto com uma diferença, aqui o fedor de carne podre era fresco, forte e nauseante.

Argh! Esse lugar fede! — Comentou Raigor tampando o nariz. — Muito bem, o mapa diz que devemos seguir para o sul, vamos lá. — Falou o ranger apontando para o sul, mas assim que se pos a caminhar em direção a passagem imediatamente parou como se tivesse escutado algo.

Huuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuaaaaaaaaaa.

Haammmmmmmmmmmmmmmmmmmmmm.

Grrrrrrrrrrr.

Eram gemidos e grunhidos vindos de todos os lados, o grupo rapidamente se posicionou em estado de alerta e viu levantar-se do chão uma dezena de zumbis. Eram exatamente 9 zumbis, três deles bloqueando cada passagem. As criaturas pútridas aproximavam-se dos aventureiros sedentos por sua carne e seu sangue.




@ Niimai e Hayate

O ninja escutou o que ambos disseram a ele e logo respondeu.

Licantropo você não me deve nada, não sou seu amigo, apenas libertei você porque sigo ordens. — Respondeu em um tom sério até ouvir as perguntas de Niimai. — Estamos presos na Fortaleza das Sombras, aqui é o quartel general da Irmandade das Sombras. Se querem sair daqui...

O ninja não teve tempo de terminar sua frase, as portas de metal que fechavam o salão abriram-se e dela sairam 6 guardas trajando armaduras de couro e panos negros e empunhando lanças em suas mãos. Era possível ver também espadas curtas em suas bainhas.

Vejam! Os prisioneiros escaparam, matem todos!

Falou um dos guardas, e logo todos os 6 estavam em investida, 2 para cada um.
avatar
Goldsilver Ironsteel
Desbravador
Desbravador

Número de Mensagens : 503
Idade : 32
Localização : Santos-SP.
Reputação : +30 Wanted :
0 / 1000 / 100

Data de inscrição : 14/09/2010

Ficha do personagem
Exp: 3195/4000
Lvl: 4
HP: 100%

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Entre o Céu e o Inferno - Campanha

Mensagem por Khiëv em Qui 23 Jun 2011, 4:07 am

Khiev permanecia apática quando o assunto se tratava do caminho a seguir. Uma vez que seu único desejo, era traçar uma direção que a tirasse rapidamente dali. Dessa forma, apenas seguiu seus companheiros, que pareciam diminuir gradativamente a cada desafio encontrado naquele esgoto subterrâneo. Embora houvessem enfrentado com demasiada velocidade e sorte o último problema, a youkai raposa tinha em sua mente que o caminho a partir dali não se tornaria mais fácil, muito pelo contrário, a tendência era piorar. Seu embate com Altouge prosseguia corredores a dentro, mas agora Khiev tinha de ser compassiva com outro incômodo se tratando de irônia, este vindo de Akkin. A youkai logo se adiantou a respondê-lo e desviar dos braços do rapaz delicadamente. — Uma batalha exige um bom soldado. Por vezes é melhor desistir de uma batalha, que enterrar todos os seus aliados. — E ela sorriu, de um jeito sereno e delicado, pendendo levemente a cabeça para o lado esquerdo. E completou: — Longe de mim querer subestimá-lo. Afinal, somos todos possibilidades. Apenas peço a você que faça o mesmo por mim e não me subestime! — E assim encerrou, levando sua mão ao ombro de Akkin, esbarrando ali com um empurrão amigável.

Após alguns minutos de caminhada, distraída com o cantarolar de Akkin, Khiev fora abruptamente interrompida de seu transe, pelo grunhir de criaturas que se aproximavam. A youkai tiverá suas expectativas correspondidas, mesmo que contra sua vontade. Novas criaturas surgiam do fétido lugar, balbuciando incompreensíveis palavras, prontas para devorar os intrusos sem hesitação. — Era só o que faltava. Não vamos alcançar nosso objetivo tão facilmente. — E se pôs em posição de batalha, atenta a todos zumbis que se apresentavam ao grupo, somando 9 ao todo. Eles também bloqueavam a passagem e tornando o avanço das pessoas ali presente, impossível. A youkai sabia que não poderia escapar de um combate contra aquelas criaturas, não havia escapatória. Com um olhar intenso e expressivo, Khiev aguardou o posicionamento dos outros membros do grupo. Aguardando pela próxima batalha a ser travada. ~
avatar
Khiëv
Aventureiro
Aventureiro

Número de Mensagens : 83
Idade : 23
Reputação : Neutro Wanted :
0 / 1000 / 100

Data de inscrição : 19/03/2011

Ficha do personagem
Exp: 300/1000
Lvl: 1
HP: 100%

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Entre o Céu e o Inferno - Campanha

Mensagem por Hayate em Sab 25 Jun 2011, 11:49 am

Não se importou com o que o Ninja falou, afinal seu raciocínio ainda não havia retornado totalmente. Levaria um tempo para se recuperar de tantos dias preso. O nome do lugar onde estava de pouco importava. Sabia que tinha de sair dali, tinha que... sim, tinha de impedir monstros de acabarem com tudo. Sua memória ainda era vaga, mas ainda era Hayate.

Assim que os guardas entraram, os pêlos no dorso do lobo se eriçaram, fazendo-o parecer bem maior do que era. Rosnava, mantendo-se sobre as patas traseiras, aguardando o ataque. Quando este veio, Hayate soltou um rugido e avançou sobre os dois guardas, saltando sobre eles. Com os punhos, bateu nos cabos das lanças, as empurrando para o chão com força suficiente para quebrá-las. Em seguida suas presas encontraram a garganta de um dos homens, logo o jogando para o lado e, se o homem que restou ainda não tivesse raciocinado o que acontecera, Hayate também estraçalharia o pescoço frágil com veias cheio daquele sangue de aroma inconfundivel.
avatar
Hayate
Aventureiro
Aventureiro

Número de Mensagens : 68
Reputação : Neutro Wanted :
0 / 1000 / 100

Data de inscrição : 26/07/2010

Ficha do personagem
Exp: 550/1000
Lvl: 1
HP: 100%

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Entre o Céu e o Inferno - Campanha

Mensagem por Kronos Hiily em Sab 25 Jun 2011, 1:48 pm

- Tsc... – Disse quando a Youkai terminou a primeira fase. – E quem disse que o inimigo deixará você desistir? Já enterrei muitos aliados, e o mais importante deles desistiu e foi morto. Nada na vida segue um clico natural, tem vezes que você se encontra em um lugar que não pode fugir, não pode se esconder, o único jeito é lutar e de forma ingrata, ainda morrer.

Não falava como uma afronta. Seu tom de voz estava calmo e ligeiramente abatido, como se as dores do passado tivessem se renovado completamente. Porém, a frase seguinte de Khiëv foi o suficiente para fazer o garoto voltar a sorrir. Com certeza, não a subestimaria em hipótese alguma.

Seguiram então pelos tuneis até chegar a outro local, que tinha a forma de um circulo, bem achatado, quase perto de um retângulo. O cheiro dali despertou a ânsia de vômito de Akkin, que tossia com violência e se infectava toda vez que inalava aquele forte cheiro de carne podre. Mas do que se tratava aquilo afinal?

Não precisou de muito tempo para suas perguntas, pois gemidos e grunhidos bizarros lhe deram uma rápida resposta: Zumbis. Sorriu um pouco desconfortável e logo após se recuperar, virou-se para o três zumbis do norte. Olhou para Raigor rapidamente e falou:

- Você leva vantagem nessa batalha. Creio que eles sejam um pouco lentos e dessa distância são um alvo fácil para você. Ataque os zumbis que bloqueiam a passagem sul e passem. Eu fico com o resto para atrasá-los. A não ser que eu alguém queria me fazer companhia.

Sorriu sarcasticamente novamente. Porém, diferente de antes, seu sorriso estava nervoso. Sua confiança abalada. Era obvio que seria difícil. Eram seis contra um. Sacou sua espada com calma e andou para cima deles. Não iria usar de nenhum poder, já tinha usado a pouco, seria apenas desperdício. O Hanyou tremia.

- Você tem que se entregar, tem que saber não temer. Saber que um dia... Você vai morrer.

E assim abriu um pouco as pernas para ter uma base melhor de fixação e ergueu a espada a frente de seu corpo. Quando os zumbis chegassem perto, ele faria o primeiro movimento, atacando o corpo em um corte vertical. Seu tremor havia parado. Estava pronto para o que quer fosse acontecer.
avatar
Kronos Hiily
Punk Demon
Punk Demon

Número de Mensagens : 261
Idade : 21
Localização : Belém - Pará
Reputação : Neutro Wanted :
42 / 10042 / 100

Data de inscrição : 06/03/2010

Ficha do personagem
Exp: 3400/4000
Lvl: 3
HP: 100%

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Entre o Céu e o Inferno - Campanha

Mensagem por Ivy-chan em Dom 26 Jun 2011, 11:18 pm

Seguiu tranquilamente o resto do caminho, até chegar na "próxima parada". De fto, o lugar fedia, mas nada era o suficiente para "tirar Altrouge do salto". Já passara por tanta coisa, aquilo de fato não a incomodava. Quando iriam começar a andar novamente, foram surpreendidos por zumbis.

--- Os ratos deste esgoto são mesmo bem diferentes, afinal...

Aquilo a chateava, ela queria terminar logo a jornada que havia começado, concluir a maldita missão e ir embora, Altrouge não era lá muito paciente.
virou-se e posicionou-se para batalhar, mas não faria nada ainda. Aquele esgoto era tão estranho, que ela queria ver que tipo de zumbis eram, afinal, porque foram tão "inteligentes" em bloquear as saídas? Ou fora apenas mero acaso?
avatar
Ivy-chan
Aventureiro
Aventureiro

Número de Mensagens : 156
Idade : 30
Localização : RJ
Reputação : Neutro Wanted :
0 / 1000 / 100

Data de inscrição : 03/08/2009

Ficha do personagem
Exp: 890/1000
Lvl: 2
HP: 80%

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Entre o Céu e o Inferno - Campanha

Mensagem por Carllos em Seg 04 Jul 2011, 10:50 pm

Niimai ficava em posição de luta e avança para cima de um de seus oponentes com uma veloz investida por baixo com a ideia de tirar a lança das mãos de um dos guardas e chutar o mesmo para cima do guarda ao seu lado.
avatar
Carllos
Aventureiro
Aventureiro

Número de Mensagens : 160
Idade : 30
Localização : Zona oeste do rj
Reputação : Neutro Wanted :
0 / 1000 / 100

Data de inscrição : 11/03/2011

Ficha do personagem
Exp: 450/1000
Lvl: 1
HP: 100%

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Entre o Céu e o Inferno - Campanha

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 5 de 5 Anterior  1, 2, 3, 4, 5

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum