Novo(a) por aqui?
Leia nosso tópico de boas vindas e descubra o que Lodoss tem a oferecer!

>>> Clique Aqui <<<

Tenha uma ótima aventura!


Últimos assuntos
» Tópico de vida
Seg 14 Maio 2018, 1:34 pm por ADM Hayate

» Tenkai
Sex 15 Mar 2013, 12:13 am por Bluesday

» Fortitudo Lapidum - Camp
Qui 14 Mar 2013, 11:19 pm por yoda

» Chamada ONE: Attention Please!
Seg 11 Mar 2013, 12:03 pm por Kaien Saller

» Novo Fórum, Novo Domínio!
Seg 11 Mar 2013, 1:30 am por ADM Hayate

» Novo no pedaço
Seg 25 Fev 2013, 1:10 pm por Arcturus Steelbreaker

» Dúvidas sobre ficha
Sex 22 Fev 2013, 8:21 pm por Peregrino

» [FP]Jason Stifler Grace
Sex 22 Fev 2013, 12:40 am por Jason Stifler Grace

» Nostalgia e Parabéns
Seg 18 Fev 2013, 6:48 pm por Bluesday




>Nuvens amaldiçoadas ameaçam cobrir a ilha!

> Leroooy!

> Casa é destruída no Vilarejo de Calm

> Mais notícias...






> Construção de Sede de Guilda

> "Entrega"

> Caçador de Hidra

> Ajudante de Porto

> Pesca em Calm

> Ovos de Dragão

Ilhas Gêmeas

Página 12 de 12 Anterior  1, 2, 3 ... 10, 11, 12

Ir em baixo

Re: Ilhas Gêmeas

Mensagem por Gin em Sex 06 Abr 2012, 9:36 am

Off¹: Aldarion, que HP é esse meu filho? Tá com muito menos!
Off²: Mal demorar mais de três dias pelo post galera

On:

Tudo girava em torno de Sérpico no momento. Todos ali sabiam disso e enfrentaram sua nova tarefa com louvor. O capitão era um oponente formidável e, mesmo assim, lutavam com dedicação. De qualquer modo o novo arqueiro teria que ser rápido, caso contrário a luta poderia tomar rumos negativos para todos. Nem imaginavam, nesse meio tempo, o que estria acontecendo pela Península de Ruff. Muito provavelmente o restante dos piratas já teria dado início à invasão.

Sérpico lançou sua primeira flecha com precisão, errando seu oponente de propósito. A ação teve um pequeno efeito: a figura olhava diretamente para Sérpico, seus olhos abrindo completamente. Nesse momento uma voz veio de dentro da nuvem.


Pois atire, pequeno rapaz. Disse a voz. Estava rouca no momento, mas sentia que seria uma voz poderosa.Tente a sorte.Finalizou. Apesar da distância, podia ver uma sombra de sorriso entre as bandagens do homem sentado.

Enquanto isso os dois guerreiros continuavam sua luta particular com o capitão. Aldarion pensou rapidamente no que faria, levando em conta o conhecimento prévio que seu oponente tinha dele. Mudaria seu estilo de luta completamente e, pela primeira vez, não faria a abertura do ataque.

Certamente o capitão ficou surpreso quando viu Tenkai avançando em sua direção e não Aldarion. Sorriu ao perceber o que estavam fazendo. Certamente essa mudança de tática faria Mormont trabalhar mais, porém isso também tirava uma pequena vantagem de mudar a sincronia que tinham um para com o outro. Queiram ou não, as inúmeras batalhas que travaram juntos teve um efeito de entrosamento entre os guerreiros, entrosamento esse que teriam que esquecer se quisessem ter alguma chance de vitória. Avançaram.

O elfo começou a por seu próprio plano em prática, preparando seu golpe com sua espada. Infelizmente o capitão não fez o que ele esperava e sim deu um pulo para trás quando Tenkai levantou sua espada. Vendo que sua primeira investida estava arruinada, decidiu por tentar avançar contra Mormont, crendo que suas defesas seriam rápidas. Nesse meio tempo Aldarion avançou.

Tenkai deu alguns passos rápidos para frente, vencendo a distância que o capitão tinha posto entre eles. Brandiu sua espada de forma a acertar o braço direito de Mormont. O mesmo, observando atentamente os movimentos de Tenkai, usou de sua mão/garra para defender o impetuoso ataque.

Vendo que Aldarion se aproximava pelo canto dos olhos, Mormont desviou a lâmina de Tenkai para o lado e deu uma patada com uma de suas pernas mirando a barriga do elfo. O mesmo deu um salto para trás, batendo suas pernas na proteção de madeira que separava a parte de baixo do navio do local onde estavam. Evitou o golpe.

Aldarion levantou sua espada e foi diretamente na mão/garra do inimigo. O capitão defendeu o golpe, mesmo com a tamanha força que o guerreiro aplicou no golpe. Se o capitão tivesse sentido dor, não demonstrava. Naquele momento ouviu mais do que viu uma espada sendo sacada. Rapidamente afastou sua espada da garra do capitão, na hora certa: sua espada estava desembainhada e mirava um corte vertical em Aldarion. O mesmo teve tempo de defender o golpe com sua própria lâmina só para ver a mão/garra de Mormont tentar estocá-lo. Com um rápido reflexo, o guerreiro pôde girar sua lâmina para defender o golpe desviando a mão de garra de seu corpo. Em seguida chegou um pouco para trás para evitar outro golpe sucessivo do Capitão Mormont.

Agora Tenkai estava de um lado do Capitão e Aldarion do outro. A espada que o capitão tinha sacado era feito de um material escuro, salpicando o aço de negro por toda a extensão de lâmina. A própria lâmina não era longa e nem muito curta: parecia ideal para o capitão, como se a espada tivesse sido feita especialmente para o uso dele. Era uma bela arma.

Sérpico, que já tinha preparado sua segunda flecha, não sabia o que fazer. Sabia que o desafio fora lançado por aquele homem sentado mas se viu pensando nas consequências. Se atirasse, o que aconteceria? Acertaria Kai, deitado e indefeso? Não sabia.

Foi nesse momento em que a voz de Aldarion chegou aos seus ouvidos, dando calma e foco para o rapaz. Teria que atirar, sabia disso. Seus companheiros dependiam dele. Puxou um pouco mais sua corda e soltou o projétil, que estava indo na direção certa.

Naquele momento um vendaval poderoso irrompeu do centro da nuvem, onde o homem sentado ainda mantinha-se imóvel. O vento tirou a flecha de seu curso, indo morrer muitos metros para longe deles. O vendaval continuava forte, obrigando Sérpico a abaixar-se para não ser levado pela força. Olhou em volta.

Aquela anomalia só parecia acontecer na pequena área onde estavam, não afetando Tenkai ou Aldarion. Com isso não conseguiria preparar, quanto menos atirar uma flecha. Olhou para o homem sentado. Parecia que o vendaval tinha tornando a visibilidade muito melhor e, agora, conseguia ver muito bem o homem e também Kai, deitado ao lado dele. Os olhos de Sérpico estavam semi-cerrados pelo vento mas parecia que uma fina camada de energia saía do corpo de Kai e ia diretamente para as mãos abertas do homem enfaixado. Era um fluxo constante de uma pura energia branca.

O que faria agora? O vento não parecia diminuir de nenhum modo.

_________________


L$:--
Atributos:
Força Física:3
Força Mágica:2+1
Velocidade de Ataque:5
Velocidade de Movimento:5
Precisão:2+1
Vitalidade:3+1


Montaria: Choudon
Spoiler:

Força Física:5+1
Força Mágica:1
Velocidade de Ataque:2
Velocidade de Movimento:4
Precisão:3
Vitalidade:5+1
_____________________________________________
Gin
Gin
Narrador
Narrador

Número de Mensagens : 788
Idade : 28
Reputação : Neutro Wanted :
0 / 1000 / 100

Data de inscrição : 16/10/2008

Ficha do personagem
Exp: 900/1000
Lvl: 4
HP: 87%

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ilhas Gêmeas

Mensagem por Sérpico em Sex 06 Abr 2012, 8:54 pm

Sentiu-se sufocado.

O homem o desafiou. Aldarion chiou uma ordem. Um vento misterioso venceu a postura de Sérpico, e salvou o homem de uma flecha. Viu Kai. Viu sua aura nas mãos do homem sentado. Tentou fazer mira, com nova flecha, mas não seria possível. Guardou as armas. Sentiu o peso de sua próxima ação, o perigo que iria correr. Sentiu-se incapaz de respirar por um súbito momento de pura adrenalina. Sacou uma de suas espadas.

Deu um passo firme, ainda se acostumando com o vento que lhe empurrava. E logo depois, torcendo para ser mais rápido que a energia branca nas mãos do inimigo, explodiu em uma investida com a lâmina, atacando de cima para baixo em qualquer ponto do inimigo. Por mais sem técnica que fosse, Sérpico era racional o suficiente pra sabe que dificilmente teria sucesso. O golpe saíra previsível demais, e pesado por causa do esforço contra o vento. O homem estava sentado, era verdade, mas sua postura desdenhosa lhe emprestava um ar feroz que Sérpico não simpatizara. Resumindo: não acertaria o golpe.

Ao menos o primeiro.

Atacara com uma mão. E instantes depois, com a mão livre, puxaria sua segunda lâmina para um golpe surpresa, na horizontal. Julgava ser um golpe surpresa. Mas ainda estava incerto no quesito “acertar o inimigo”.

Confabulou rapidamente que o sujeito deveria estar drenando a energia do Kai. Até mesmo a posição em que estava – tranquilamente sentado – poderia significar algo. De repente concluiu que tira-lo daquela postura já seria um baque na magia que conjurava. Em último caso, depois dos golpes, e quem sabe antes de alguma ação do estranho, Sérpico apostaria em um encontrão maluco, agarrando o homem e se jogando no chão com ele.
Sérpico
Sérpico
Andarilho
Andarilho

Número de Mensagens : 251
Reputação : +30 Wanted :
0 / 1000 / 100

Data de inscrição : 09/10/2008

Ficha do personagem
Exp: 625/1000
Lvl: 4
HP: 100%

Ver perfil do usuário http://sonatadotorinks.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ilhas Gêmeas

Mensagem por Bluesday em Ter 24 Abr 2012, 8:32 pm

Aldarion e Tenkai haviam tentando ataca-lo, mas parecia que o capitão sabia exatamente o que cada um iria fazer. O sincronismo de sempre já não era o mesmo pela mudança repentina de iniciação de ataque, talvez os guerreiros deviam ter pensado nisso antes e ter trabalhado um pouco como trocar as funções em situações como essa.

Tenkai já ia se se preparando para um novo ataque, quando Mormont retirava sua espada que era tão sinistra quanto o usuário que a empunhava. O elfo sentiu naquele momento que não seria nenhum pouco fácil e começava a achar que as palavras de Aldarion sobre todos morremos começava a fazer sentido, porém o elfo não se deixou levar por esses pensamentos e morreria deixando o capitão pelo menos a beira da morte.

Tenkai novamente analisou o adversário e começou a planejar sua próxima investida contra Mormont, entretanto quando erguia novamente sua espada, quando um vento forte começou a sobrar forte o bastante para apenas esvoaçar seus cabelos compridos. O elfo curioso olhou para o lado a qual o vento vinha e notava Sérpico de frente para alguém estranho que ele nem imaginava que estaria ali, Talvez o calor da batalha com o capitão recém iniciada teria atrapalhado sua concentração para outros locais do navio.

Observando o sujeito Tenkai logo começava a achar que aquele ali parecia ser alguém tão poderoso quanto Mormont ou até mais forte, parecia que tudo estava perdido mesmo e somente um milagre poderia ajuda-los naquele momento. O elfo segurava mais firme no cabo de sua espada e começava a se aproximar vagarosamente de Morment e esperava que ele vinhe-se atacar ele primeiro e quando ele ataca-se, o elfo tentaria surpreende-lo desviando e atacando pelas costas ou fazendo um ataque de certa forma suicida e com isso esperara que Aldarion faria um ataque significativo.
Bluesday
Bluesday
Desbravador
Desbravador

Número de Mensagens : 437
Idade : 29
Localização : Lá com os cent's...
Reputação : +30 Wanted :
0 / 1000 / 100

Data de inscrição : 06/12/2010

Ficha do personagem
Exp: 4860/6000
Lvl: 7
HP: 100%

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ilhas Gêmeas

Mensagem por Goldsilver Ironsteel em Qua 09 Maio 2012, 6:09 pm

OFF 1: Ok caras, desculpem os transtornos, estou de volta. Estava sem net e sem emprego e pra piorar o PC do escritório está com um vírus estranho e sempre que me conecto a certos sites como o Lodoss por exemplo, o PC reinicia. Estou usando o PC do meu chefe. Quero avisar que vou voltar a postar como antes, obrigado pela espera.

OFF 2: Gin, eu já perdi a noção de quanto de HP estou, pode fazer esse cálculo pra mim e me passar fazendo o favor?




A batalha se desenrolava de forma acalorada, todas as horas, minutos e até mesmo segundos economizados nos momentos passados desde a partida da estalagem até aqui começavam a fazer diferença. Se de fato eles tivessem sido mais cautelosos poderia ser que não tivessem mais a chance de reverter tudo o que o inimigo estava fazendo pois ali, naquele momento, dava-se para ver que apenas os segundos importavam.

A princípio a investida de Aldarion e Tenkai havia falhado miseravelmente pois o inimigo já os havia observado e conhecia o estilo de luta da dupla, mas na segunda tentativa o guerreiro havia se saído melhor. Parecia que retornar ao seu antigo estilo de luta solitário estava começando a dar resultados mas havia um problema, Mormont era muito forte e estava acostumado a lutas assim, dava-se para notar isso, as chances do espadachim e Tenkai morrerem ali eram altas e mesmo que vencessem seria um feito que lhes tomaria muito tempo. Nesse momento enquanto recuperava a sua guarda Aldarion olhou de canto e percebeu a situação em que Sérpico se encontrava.

Mas é claro que ele não poderia fazer nada, aquilo era um tornado. Armas de projéteis não teriam a menor chance, como ele poderia ter sido tão tolo ao pedir para Sérpico realizar aquele trabalho? Serrou os dentes e olhou para Mormont novamente, viu então Tenkai se aproximar mais uma vez, um novo ataque. Aldarion naquele momento decidiu por não se juntar ao elfo, sabia que sua atitude poderia por Tenkai em risco mas ele tinha certeza que o elfo daria um jeito de escapar.

Aldarion esperou então o momento certo, o momento em que Mormont teria que lidar com Tenkai e quando esse momento chegou o espadachim simplesmente virou-se e partiu em disparada rumo ao tornado. Dos três companheiros Aldarion era o de maior força física e sua espada era a arma com maior capacidade de dano. Ele sabia disso e faria uso de todos esses detalhes para obter a vitória. Correu como nunca e assim que se aproximou do tornado viu dois vultos, um ereto e outro deitado, viu também Sérpico pelo outro lado aproximando-se de espada em punho. Aldarion não pensou duas vezes, reuniu toda a força de sua corrida, braços e corpo e girou despejando toda a energia em sua enorme lâmina na forma de um corte horizontal. Um corte poderoso que dava a aparência de ser capaz de cortar o próprio tornado.

Se a investida de Aldarion desse certo aquele ritual estaria quebrado. Será que o ataque furtivo do guerreiro que pela primeira vez atacava abandonando completamente sua defesa e confiando a Tenkai a sua retaguarda teria sucesso?
Goldsilver Ironsteel
Goldsilver Ironsteel
Desbravador
Desbravador

Número de Mensagens : 503
Idade : 34
Localização : Santos-SP.
Reputação : +30 Wanted :
0 / 1000 / 100

Data de inscrição : 14/09/2010

Ficha do personagem
Exp: 3195/4000
Lvl: 4
HP: 100%

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ilhas Gêmeas

Mensagem por Gin em Qua 16 Maio 2012, 11:43 am

Off: Decidi por terminar essa jornada a seu tempo e não nesse post como havia mencionado (falta pouco mesmo e acho que devo isso a vcs ;D)

Off²: Aldarion, num tenho tempo hahahaha.. tenta ver aí e, se não der, mete uns 60% que tá bão!


A luta desenrolava-se e não a favor dos companheiros. Sérpico não obtinha sucesso em suas investidas e os dois guerreiros tampouco estavam próximos de vencer o terrível capitão, que superava todos as expectativas que tinham. Teriam que ser mais ousados, mais aventureiros e foi isso que fizeram.

O rapaz Sérpico decidiu que seu arco não iria ser de ajuda alguma em meio àquela tempestade de vento que assolava-no. Sacou uma de suas espadas e foi avançando na direção dos dois sujeitos.

No entanto, cada passo que Sérpico dava para avançar parecia mais pesado que o anterior. Sabia que o vento estava aumentando a medida que avançava. Faltando pouco mais de 5 metros para atingir o sujeito sentado percebeu que não conseguiria avançar mais. O vendaval estava tão forte que já era um feito o rapaz não sair voando ali, agora. Somente sua força de vontade segurava-no ali. Precisava fazer algo, mas o que?

Estudou melhor a situação, ali mesmo no meio daquele terrível poder. Viu que a energia de Kai lentamente era transferida do mesmo até o sujeito sentado ao lado dele. Teria que achar um jeito de tirar Kai dali então, pois dificilmente faria um ataque contra o mago ou feiticeiro. Pensou um pouco mais naquilo e sabia que o único jeito era usando sua habilidade especial. Tinha forças para isso, ele sentia. Mas como faria isso?

Tenkai, nesse meio tempo, não importou-se com nada disso, a não ser ganhar tempo para Sérpico. Foi pra cima do capitão, tentando mantê-lo ocupado. Como esperava, Mormont atacou primeiro, prevendo seu movimento.

Usou sua própria espada para aparar o golpe de espada de Tenkai e tentou chutá-lo com uma de suas patas. O elfo, já sabendo desse movimento, pulou de lado mas, mesmo assim, desviou por centímetros da investida. O sujeito era muito rápido.

Diga-me, elfo.. — Disse o capitão, com uma voz irônica. — Percebe que agora está lutando sozinho?

Era verdade. Em um breve relance viu que Aldarion corria para o auxílio de Sérpico. Provavelmente o grande guerreiro sentia-se responsável pelo rapaz e pelo que mandou fazer. A honra de Aldarion era grande, mas talvez naquele momento não fosse o melhor a se fazer. Tenkai endireitou-se e esperou pelo ataque que veio instantes depois.

O capitão usou de sua pata animalesca como uma foice, vindo reta na direção de Tenkai. O mesmo usou a parte plana de sua espada para desviar o ataque e ir para o lado. Quando conseguiu chegar para o lado viu que a espada do capitão estava a poucos centímetros de seu rosto. Por puro reflexo e um tanto de sorte usou a ponta de seu pé para pular no ar, para trás. Estava aberto para um ataque direto.

Mormont percebeu isso e rapidamente usou de toda sua força para pular na direção de Tenkai. Acertou-no com todas as suas patas inferiores diretamente no peito do elfo, que nada podia fazer para evitar o terrível golpe. Voou alguns metros para trás, batendo na proteção lateral do navio. Tinha 6 furos causados por cada uma das patas do Capitão Mormont. Por sorte, sua camisa protetora impediu um furo maior, que certamente teria posto um fim à sua vida. Levantou-se lentamente.

Naquele momento, porém, viu que o capitão estava balançando em uma corda, vindo em sua direção em alta velocidade. Não conseguia lutar sozinho, simplesmente não tinha tempo de se recuperar da força dos golpes antes de outro ataque do capitão. Mesmo assim tinha que ganhar tempo. Faria de tudo antes de morrer.

Ficou de pé ignorando a queimação em seu peito. Correu alguns passos para antecipar o capitão, levantando sua espada para ir de encontro com a dele. O choque sacudiu seus braços, mas foi o suficiente para desestabilizar o capitão, que caiu da corda e rolou em seu convés. Levantou-se de um salto enquanto Tenkai respirava pesadamente. Ainda resistia.

Aldarion nem viu essa troca de golpes. Foi avançando com o único intuito de ajudar Sérpico em sua luta, algo que ele não devia ter deixado o rapaz enfrentar sozinho. Subiu as espadas e viu que estava perto. Avançou.

Antes mesmo de se aproximar de Sérpico o vento que caiu nele foi intenso, algo mais forte que um tufão. O guerreiro não conseguia avançar de maneira alguma, nem usando de toda sua força. Foi quando o vento levantou o guerreiro e arremessou-no para trás. O mesmo bateu na proteção do navio atrás do leme, quebrando-na e caindo no convés inferior, de onde tinha e saído e onde Tenkai ainda lutava, com muita força. Demorou alguns instantes até conseguir se levantar.

O que tinha acontecido? Parecia que os limites máximos do começo daquele poder de vento horrível impediam qualquer pessoa de entrar. Não conseguiria quebrar essa magia com força bruta, um terrível encantamento. Sérpico estava sozinho. Teria que confiar no rapaz e em suas habilidades. Forçou-se a ficar calmo e a perceber que Sérpico poderia sim fazer isso. O rapaz tinha evoluído muito desde o começo de suas jornada juntos e Aldarion confiava nele e em seu espírito. Ganharia tempo para seu companheiro.

Olhou para Mormont e para Tenkai, ferido no peito e respirando pesadamente. O capitão olhou para Aldarion e deu um sorriso. Talvez Mormont já soubesse que o guerreiro não conseguiria chegar até Sérpico. O que fariam agora?



< Tenkai perdeu 11% de HP e está com furos no peito. Estão sangrando, doendo e queimando, porém não são riscos de vida. Sua respiração está um pouco prejudicada. Aldarion tomou 3% de dano pelo voo. >

_________________


L$:--
Atributos:
Força Física:3
Força Mágica:2+1
Velocidade de Ataque:5
Velocidade de Movimento:5
Precisão:2+1
Vitalidade:3+1


Montaria: Choudon
Spoiler:

Força Física:5+1
Força Mágica:1
Velocidade de Ataque:2
Velocidade de Movimento:4
Precisão:3
Vitalidade:5+1
_____________________________________________
Gin
Gin
Narrador
Narrador

Número de Mensagens : 788
Idade : 28
Reputação : Neutro Wanted :
0 / 1000 / 100

Data de inscrição : 16/10/2008

Ficha do personagem
Exp: 900/1000
Lvl: 4
HP: 87%

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ilhas Gêmeas

Mensagem por Bluesday em Qua 16 Maio 2012, 9:49 pm

O embate esta até acirrado, Tenkai atacava e esquiva-vá no momento certo, porém seu oponente não desmerecia o talento e experiencia que aparentava ter. Mormont tentou intimidar o elfo, porém o aventureiro apenas ignorou e respondeu a altura, após observa esse detalhe que o capitão havia mencionado.

Tsc... Sempre estive sozinho — O elfo ao final da frase, logo se posiciono esperando a investida de Mormont, com um sorriso em sua face — Venha, mostre-me que você não é apenas isso, quero ver o que sabe fazer realmene.

Talvez Tenkai não devia ter falado tais palavras, pois o capitão aceitou o convite do mesmo e partiu para cima do elfo, atacando com suas diversas pernas, na qual Tenkai consegui desviar com a espada, e em seguida de alguma forma desviar da espada do oponente. Mas isso não seria o fim do ataque do capitão.

Tenkai atento como sempre, percebeu que estava propicio a um bom ataque, vindo do capitão, e foi o que aconteceu, recebeu um ataque direto em seu tórax. A dor era imensa, entretanto ela podia ser maior, notando isso o elfo após se recuperar do golpe que o jogou para trás, deu uma olhada aonde recebeu o golpe e admirou que o traje recém obtido tivesse aguentado o que havia recebido.

Mas a luta tinha que continuar e ele tinha que deixar de admirar o traje e ignorar a dor que sentia, como fazia quando estava no templo, pois mesmo já sentindo todo tipo de dor, aquela ultrapassava ao que já foi submetido a sentir. Então voltou seus olhos para Mormont, que já estava no processo de um novo ataque, Mas Tenkai simplesmente não podia permitir o capitão obter a vitória naquela batalha, Se esforço e correu até o capitão que se balançava rapidamente, mas antes que Mormont fizesse algo, o elfo chegou a tempo de impedir o plano do capitão de se lançar contra ele.

A colisão tinha sido foi forte, ambos foram para lados opostos, Tenkai mais abatido do que nunca, mas ainda sim se levantava. Até mesmo Mormont tinha que reconhecer a determinação que o elfo carregava nos ombros naquele momento.

Nai yarvaxëa rasselya taltuva ñotto-carinnar!
Spoiler:
"Que o sangue caia sobre a cabeça do inimigo."

Sem olhar para Aldarion, demonstrava que queria muito vencer o capitão. Estava focado nisso e tentaria fazer o que pretendia, só não sabia como faria isso, mas sabia que precisaria da força de Aldarion para deter Mormont.

Conto com você Aldarion... se necessário, atravesse nós dois com sua espada.

Tenkai começou a analisar o que poderia ser feito, mas o guerreiro não estava em suas melhores condições para isso, o ardume que queimava seu peito era intensa e a respiração ofegante piorava tudo, Mas mesmo assim o elfo levantou sua espada e seguiu rumo ao inimigo. Dessa vez faria o que jamais teria feito antes, se lançaria contra Mormont em linha reta, e quando fosse o momento exato, iria desviar girando para trás do capitão e assim tentar imobilizar ou corta o oponente com a espada, mas se consegui-se imobilizar, ou ao menos fazer o capitão não se movimentar como sempre, talvez Aldarion consegui-se alguma coisa, pois sabia que naquele momento seu companheiro iria ajuda-lo na próxima investida, e estava pronto para qualquer consequência que vinhe-se a acontecer. Afinal a única coisa que Tenkai poderia fazer agora era aguentar seu próprio cansaço, e tirar a chance de Mormont fugir de mais um ataque.

E assim ele partiu em direção ao capitão que esperava confiante o elfo machucado. Em mente Tenkai sabia que conseguiria ser rápido o suficiente, entretanto, o aventureiro não tinha certeza se sua força seria o necessário para deter por alguns segundos o monstruoso capitão Mormont, e com esse foco em mente, foi tentando reunir o máximo de energia e força possível para aquele momento. Estava contando com a força-sobrenatural que as vezes ele possuía de alguma forma.


Spirit Elf

Spoiler:
Level 1

(passiva)

Tenkai quando começa a se movimentar de forma mais ágil e rápida, ganha + 1 em Velocidade de Movimento a cada turno (máximo acumulativo: + 4) que ele esteja em movimento, acumulando mais e mais velocidade de movimento. Custo de 10% PM por turno. Uma vez que é atingida a velocidade máxima, a habilidade já não precisa de custo de PM para se manter. Entretanto se ele ficar um turno inutilizado de se movimentar com rapidez (sendo atingido em cheio ou ferido), o bônus e a PM utilizada são perdidos.

Ganha +1 em Força Física, porém não é acumulativa. Bônus também perdido caso sua movimentação seja interrompida.

E quando Tenkai está ferido, o Spirit Elf cuida dos ferimentos de Tenkai, roubando-lhe seu poder magico (mana). A porcentagem de mana roubada para a cura de Tenkai e o tanto quer for curado, será decidida pelo GM que estiver narrando no momento... Ou a cada 10% de HP regenerado, perdera 10% de Mana. Esta ação não depende do personagem.

Bluesday
Bluesday
Desbravador
Desbravador

Número de Mensagens : 437
Idade : 29
Localização : Lá com os cent's...
Reputação : +30 Wanted :
0 / 1000 / 100

Data de inscrição : 06/12/2010

Ficha do personagem
Exp: 4860/6000
Lvl: 7
HP: 100%

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ilhas Gêmeas

Mensagem por Sérpico em Sab 19 Maio 2012, 3:52 pm

Off: To até meio enferrujado... Mas vamos lá!

Não iria conseguir.

O único meio possível era através do teleporte. No entanto Sérpico estava limitado nesse quesito.
“Posso aparecer atrás dele, mas depois não tenho como sair da mesma forma”. Exatamente: Sérpico tinha capacidade para um único teleporte. Era uma viagem só de ida. Sérpico engoliu em seco e guardou as espadas.

“Queria ter um deus a quem rezar”, pensou, todo melancólico. E depois não pensou em mais nada.

Usando sua habilidade, Sérpico desapareceu. Ressurgiu no mesmo instante às costas do inimigo feiticeiro, ao lado de Kai. Todo tenso, reuniu a força e a velocidade que não sabia se tinha para apanhar Kai. Iria arrastá-lo rapidamente, para longe do desgraçado usuário de magia. Nem tentaria ergue-lo por cima dos ombros. Sabia que não teria força para vencer o peso de um corpo mais o peso do vendaval ao redor. Então, arrastou Kai. E em uma jogada rápida de fuga desesperada, se atirou amurada abaixo, saindo da nau e caindo no mar raso logo abaixo.

Sérpico poderia ter tentado finalizar o sujeito. Apunhalá-lo por trás com uma de suas espadas, e torcê-la dentro do bucho dele, e pronto. Era um ótimo plano. Exceto que não daria certo. Feiticeiros não morriam de forma tão fácil assim e tudo que Sérpico conseguiria seria perder a chance de livrar Kai e quebrar a magia. Pois, afinal, Kai era um tipo de fonte a todo efeito mágico que ocorria, então o melhor jeito de fazer tudo cessar era romper a ligação do feiticeiro com o marinheiro. E Sérpico interpretou que isso significava distanciá-los. Apostou suas ultimas fichas nessa dedução.

Caso tenha sucesso em fugir do navio, caindo no mar, Sérpico iria se arrastar para longe, levando Kai consigo. Atordoado demais para raciocinar, tudo que queria era distância, então correu para qualquer direção. E em um rápido momento, sacudiria Kai:


– Ei, Kai, pode me ouvir? – Era difícil falar e recuperar o fôlego ao mesmo tempo, mas Sérpico estava determinado a fingir que isso não era tão difícil assim – Você precisa acordar. Você precisa acordar agora, KAI. AGORA!
Sérpico
Sérpico
Andarilho
Andarilho

Número de Mensagens : 251
Reputação : +30 Wanted :
0 / 1000 / 100

Data de inscrição : 09/10/2008

Ficha do personagem
Exp: 625/1000
Lvl: 4
HP: 100%

Ver perfil do usuário http://sonatadotorinks.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ilhas Gêmeas

Mensagem por Goldsilver Ironsteel em Sab 26 Maio 2012, 3:06 pm

OFF 1: Desculpa a demora em postar denovo, meu novo trabalho é muito corrido. Em breve coloco net em casa e ai a coisa vai fluir como deve. Obrigado pela paciência.

OFF 2: Agora sempre que eu postar vou tentar por uma música pra acompanhar meu texto. Os nomes que eu por nas músicas serão referentes a ação que meu personagem vai desempenhar e não necessariamente o nome real da música.




Música - Um Ataque Derradeiro

A batalha se desenrolava de forma descontrolada, por um momento Aldarion não sabia o que fazer e esse momento foi quando sentiu seu corpo ser erguido no ar e jogado na parte inferior do navio. Por sorte Mormont e Tenkai também estavam lá o que fez com que Aldarion não tivesse que perder preciosos segundos correndo até onde o maldito capitão estaria.

Levantou-se rapidamente analisando toda situação, viu Tenkai ferido e arrependeu-se pelo que fez, por tê-lo abandonado a própria sorte, Aldarion sabia que Mormont aproveitou aquela preciosa oportunidade gerada pelo erro do espadachim para tentar matar Tenkai rapidamente afim de garantir sua vitória. Olhou de relance para Serpico, pensou em lhe dizer algo, em lhe avisar que ele havia aprendido certa vez com seu mestre que o olho de um furacão é sempre calmo, mas mudou de ideia quando percebeu por uma fração de segundo que seu amigo estava se preparando para utilizar sua habilidade.

Sorriu por um momento agora focando sua atenção no capitão monstro sem ver o desfecho das ações de Serpico, encarou-o profundamente contemplando a crueldade presente naquele olhar ao mesmo tempo em que o pequeno sorriso desaparecia do rosto do espadachim sendo substituido por uma face séria de descrença. Como se Aldarion não acreditase que no mundo pudessem existir pessoas e criaturas tão maléficas, de fato, O espadachim jamais foi capaz de entender a natureza da maldade e tão pouco a natureza do bem, ele apenas tinha um sentimento de fazer o que achava ser o certo. Mas agora o sentido de tudo aquilo não importava e já era mais que óbvio o que cada um estava fazendo ali.

Ergueu seu enorme espadão que parecia agora um pouco mais leve do que anteriormente quando o adiquiriu, o que fez Aldarion perceber imediatamente que ele estava se tornando mais forte. Esse pensamento espalhou-se por todo o corpo do espadachim, inundando também seu espírito e mergulhando sua mente em um torpo alucinante, o torpor da batalha. Aldarion viu de relance todos os momentos marcantes de sua vida, a perda de seus pais, seus dias árduos de treinamento, as batalhas que lutou até chegar aqui e que deixaram seu corpo com tantas cicatrizes que fariam uma espada e uma armadura usadas sentirem inveja de suas marcas de batalha, se objetos tivessem sentimentos é claro.

Agora mais concentrado do que nunca, Aldarion estava com a guarda erguida, em seu rosto uma expressão indecifrável, ao mesmo tempo calma e serena, a expressão típica de alguém que está cheio de paz dentro de si. Já o mesmo não podia ser dito de sua posição, extremamente combativa, a enorme espada em riste, erguida firmemente diante dele por duas mãos fortes, repletas de calos permanentes, provas silenciosas da dedicação de Aldarion com a sua arte. Qualquer outro Mestre da Lâmina que visse tal cena imediatamente entenderia o que estava acontecendo, Aldarion estava colocando para fora de si toda sua força e violência mantendo em seu interior a paz, harmonia e fluidez.

Depois de pensar em tudo isso, o que para o espadachim pareceu minutos, para todos ali não passou de pouco mais do que poucos segundos. Nos segundos seguintes o espadachim já atacava novamente, inteligentemente mudando sua estratégia uma quarta vez neste combate contra Mormont que havia começado primeiro com um ataque em conjunto iniciado com uma costumeira investida de Aldarion, depois um ataque cadenciado seguindo os movimentos de Tenkai, em seguida uma mudança de foco e agora um ataque em conjunto. Exatamente, Aldarion pretendia fazer sua enorme arma acertar Mormont ao mesmo tempo que em que Tenkai agia.

Aldarion havia ouvido e entendido o plano de Tenkai, viu o que o elfo pretendia fazer e atrasou propositalmente seu avanço uma pequena fração de segundos para que tivesse tempo de calcular os movimentos de Tenkai e Mormont, uma vez calculados quase que instantaneamente o espadachim agiu. Até agora Mormont tinha todas as vantagens a favor dele, ele conhecia os movimentos de Tenkai e de Aldarion, tinha a vantagem do terreno e estava bem equipado, no entanto ele havia demonstrado ser incapaz de se adaptar as mudanças rápidas que a dupla de atacantes fazia e portanto não seria capaz de entender o que Aldarion faria agora.

Utilizaria os ultimos resquícios de sua energia para ativar uma vez mais sua incrível habilidade, a Lâmina Relâmpago o que lhe daria preciosos segundos de vantagem. Segundos estes que Aldarion usaria com extrema sabedoria. E então finalmente ele agiu, ao mesmo tempo em que Tenkai avançava Aldarion atacava acompanhando todos os movimentos do elfo e de Mormont. Tenkai atacava e ao mesmo tempo tentava mudar sua posição no combate flanqueando o inimigo, Aldarion percebendo esse movimento posiciou-se de forma a ficar na direção oposta forçando Mormont a ter que ficar de costas ou pra ele ou para Tenkai. Porém Aldarion previa que Mormont mais uma vez tentaria usar o próprio elfo como arma arremessando-o contra o espadachim por isso Aldarion em momento algum cessou seu movimento desferindo um poderoso golpe em ângulo ddiagonal descendente que visava a região da cintura e as pernas do adversário.

Mesmo que Mormont tenta-se arremessar Tenkai contra Aldarion ele erraria pois o espadachim mesmo golpeando continuava em movimento, formando um círculo ao redor do inimigo. Porém ao contrário de todas as outras vezes o espadachim não havia somente calculado o fracasso de seu companheiro baseando sua ação unicamente no sucesso de defesa do inimigo. Desta vez Aldarion havia calculado também a possibilidade de sucesso por parte de Tenkai o que o fez desferir um golpe cuidadoso que não visava matar o inimigo mas apenas incapacitá-lo ou estorvar suas capacidades de combate pois se Tenkai conseguise agarrar-se a ele e Aldarion golpease a toda força poderia partir os dois ao meio. Golpeando de forma mais equilibrada ele garantiria a Tenkai segurança ao mesmo tempo em que iria debilitar o inimigo, algo que apenas um Mestre da Lâmina poderia fazer usando uma arma daquele tamanho.

Caso Tenkai de fato conseguise desempenhar seu ataque Aldarion aproveitaria a velocidade extra de sua habilidade para tentar um segundo ataque contra o braço da arma de Mormont. A sorte estava lançada, não importava o que Tenkai e Aldarion fizessem ambos sabiam que era Sérpico quem iria definir se eles venceriam ou perderiam este combate. Mas mesmo assim isso não mudava os pensamentos do espadachim de tentar vencer esse oponente a todo custo.
Goldsilver Ironsteel
Goldsilver Ironsteel
Desbravador
Desbravador

Número de Mensagens : 503
Idade : 34
Localização : Santos-SP.
Reputação : +30 Wanted :
0 / 1000 / 100

Data de inscrição : 14/09/2010

Ficha do personagem
Exp: 3195/4000
Lvl: 4
HP: 100%

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ilhas Gêmeas

Mensagem por Gin em Seg 28 Maio 2012, 5:05 pm

Os guerreiros reuniram-se novamente. Ambos perceberam que não poderiam confrontar o capitão sozinhos, era demasiadamente poderoso e seria uma questão de tempo até que o lutador solo morresse. Deveriam deixar os detalhes da missão para Sérpico para focaram-se no problema imediato, que era parar o terrível Mormont.

Adotaram uma estratégia de inteligência. Seus ataques vinham coordenados e calculados, aproveitando-se de uma das poucas fraquezas que conseguiram perceber do Capitão Mormont: realmente sua capacidade de se adaptar à novas estratégias era um tanto lerda e tinha a tendência de sempre permanecer na defensiva quando isso ocorria, até que tivesse tempo de memorizar o novo jeito de atacar. Talvez por isso estudasse seus oponentes de antemão.

O ataque de Tenkai veio mais forte e um tanto mais rápido do que se lembrava. O capitão não teve tempo de usar uma de suas clássicas defesas e desviadas, ainda mais que Aldarion vinha flanqueando pelo seu outro lado. Apesar do acréscimo de força, Mormont ainda conseguia defender tranquilamente os golpes de Tenkai com sua espada.

No entanto, havia algo diferente em Aldarion. Este avançava com uma selvageria renovada, força claramente aumentada e uma serenidade fora de comum. Via ali dois oponentes que poderiam derrotá-lo, principalmente pela rápida tomada de decisões e capacidade de guerra do guerreiro mais experiente. Aldarion, com sua habilidade ativada, movimentou-se rapidamente e Mormont só via uma saída para esse ataque: defender-se.

Levantou sua imensa pata de caranguejo no último instante: o corte diagonal de Aldarion foi de encontro à ela, com imensa força. Como consequência uma enorme corte foi aberto na pata, causando um ferimento profundo de onde um sangue verde e pegajoso agora escorria compulsivamente. Talvez surpreso com esse fato, o capitão baixou sua guarda permitindo que Tenkai cortasse-no na altura do torso. Não foi tão profundo, mas serviu para que mais um pouco de sangue escorresse do novo ferimento.


Maldição!Dessa vez o capitão não sorria e sim mostrava grande perplexidade e (poderia ser?) uma relutância para com seus oponentes. Rapidamente dobrou todas as suas pernas e pulou em direção ao mastro principal com tida sua força, afim de evitar quaisquer outros golpes. Encravou suas patas na madeira do mastro e foi descendo novamente até o convés. Tinha se afastado dos dois.

Imperdoável o que fizeram comigo, vermes!Esbravejou o capitão. Seus olhos brilhavam vermelhos e a mão que segurava a espada tremia levemente de raiva. Foi nesse momento em que os três pararam de se encararem pois o vento que assolava a parte de trás do navio tinha cessado abruptamente. Os dois guerreiros olharam um para o outro.

O plano de Sérpico tinha funcionado. Seu teleporte aproximou-no de Kai e, mesmo que com a ventania quase fazendo-no voar, foi capaz de se dobrar e puxar o velho marinheiro para si, interrompendo a conexão mágica que havia entre ele e o feiticeiro cheio de faixas sentado ao seu lado.

Nesse momento toda aquela ventania cessou. Surpreso, Sérpico olhou ao redor e mais sentiu do que viu uma aura perigosa emanando do ser sentado. Aquilo lhe causou profundos arrepios e decidiu que seria melhor sair logo dali. Se jogaria do navio de fosse preciso, mas não permaneceria ali. Foi arrastando Kai, inconsciente, até a beirada. Agarrou-no com firmeza e se jogou por cima da proteção.

Dessa vez, porém, algo deu errado. Sentiu como se um gancho segurava-no e essa sensação foi se espalhando por todo seu corpo. Tentou desprender Kai de si mas era inútil: ambos estavam presos pela misteriosa força.

Subitamente essa força aumentou e sentiu que estava sendo levantado por ela. Em seguida foi arremessado com uma força surpreendente para o centro do navio, onde seus companheiros estavam. Não pensou duas vezes e protegeu Kai com seu corpo.

Caiu pesadamente no convés, fazendo a resistente madeira rachar com a força do impacto. A sensação que prendia-no sumiu e essa foi substituída por uma dor intenso que fez o rapaz perder o fôlego. Sentia que algumas de suas costelas tinham fraturado. Tirou Kai de cima de si e tentou respirar. Tenkai e Aldarion estavam próximos e se aproximaram rapidamente.

Nesse meio tempo o capitão Mormont caminhou pelos mastros e por cordas do alto de seu navio até cair na parte de trás do navio, ao lado do feiticeiro que ainda permanecia sentado e com os olhos fechados. A aura que dele emanava, porém, era terrível. Só a sensação que esta causava era desesperadora e só não fugiam dali pois a vontade do três era forte também. Temiam, porém, quando o feiticeiro despertasse.


Muito bem senhores..Começou Mormont, segurando sua pata de caranguejo que ainda não havia parado de sangrar...Tiraram a fonte de poder de meu amigo aqui, mas creio que isso já seja inútil. Em breve teremos o que viemos procurar e toda essa ilha será destruída, começando com essa pequena Península de Ruff. Ora vejam..A aura ao redor do mago sentado tinha mudado e agora ela estava muito mais palpável. Uma fina camada dourada envolvia-no e estava crescendo rapidamente, expandido-se a partir do mago. De súbito toda a caverna começou a tremer, sutilmente, mas constantemente. Algo estava para acontecer.

O que fariam os companheiros? Duvidavam que poderia fugir e, mesmo que pudessem, o que aconteceria com Ruff? Essa vibração certamente chegava até a praia e era provável que a invasão daquelas centenas de terríveis criaturas já tivesse começado. Estavam afastados, aproximadamente, 25 metros dos inimigos, separados pelo breve lance de escadas usados para chegar até o leme e o fundo do navio.



< Aldarion, creio que usou seu último MP, ou estou errado? Tenkai, acho que está com 30 ou 40% de seu MP, qual dos dois, tem ideia? Sérpico, seu MP está zerado também, certo? Não mintam pra mim heim.. haha. Sérpico, além de gastar seu MP, perdeu 9% de HP e suas costelas estão muito doídas, porém não quebradas. Mesmo assim tem uma grande dificuldade de se movimentar com rapidez. Tenkai, a sequência de ataque foi quebrada, anulando o efeito cumulativo de sua habilidade. Terá que começar de novo. >

_________________


L$:--
Atributos:
Força Física:3
Força Mágica:2+1
Velocidade de Ataque:5
Velocidade de Movimento:5
Precisão:2+1
Vitalidade:3+1


Montaria: Choudon
Spoiler:

Força Física:5+1
Força Mágica:1
Velocidade de Ataque:2
Velocidade de Movimento:4
Precisão:3
Vitalidade:5+1
_____________________________________________
Gin
Gin
Narrador
Narrador

Número de Mensagens : 788
Idade : 28
Reputação : Neutro Wanted :
0 / 1000 / 100

Data de inscrição : 16/10/2008

Ficha do personagem
Exp: 900/1000
Lvl: 4
HP: 87%

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ilhas Gêmeas

Mensagem por Goldsilver Ironsteel em Seg 04 Jun 2012, 10:23 pm

A situação era desesperadora, aparentemente tudo estava perdido para os aventureiros, porém, apesar do medo que ele e seus companheiros sentiam, Aldarion não se via em desvantagem, muito pelo contrário, agora naquele momento do ponto de vista do guerreiro, eles finalmente estavam com toda a vantagem que jamais poderiam ter. Aldarion sem demora se posicionou na frente de seus amigos formando um triângulo onde Kai, ficava protegido. Enquanto encaravam o capitão e o perigoso mago, o espadachim sussurrava comandos para seus companheiros.

Não se deixem intimidar, Serpico, Tenkai, não deixem que as aparências enganem vocês, estamos na vantagem agora. Por todos os demônios, sim nos de fato finalmente estamos na vantagem. Analisem e vejam, o ritual de transferência de poder que o mago estava fazendo foi interrompido, Mormont pela primeira vez está intimidado e minha estratégia de golpear com força sua garra funcionou pois agora ele não poderá mais usá-la para se defender, e sem ela ele não vai conseguir mais se proteger de mim e de Tenkai como estava fazendo. — Nesse momento Aldarion olhou sorrindo para seus companheiros, um sorriso de confiança que inspirava coragem em quem o via.

O que Mormont diz é verdade, o poder de Kai já foi quase todo drenado e o ritual que eles pretendem fazer já pode ser começado, porém, eles ainda precisam do marinheiro. Não adianta nada você formar um círculo de pedras e jogar dentro dele um monte de lenha se você não tiver uma perdeneira para acender o fogo. Ou seja, eles podem começar o ritual mas não vão conseguir acabar com ele de forma correta. — Agora o sorriso de Aldarion era mais largo. — O resquício de poder que ainda está em Kai é justamente o que falta para que o ritual seja completado, se isso não fosse verdedade, se o marinheiro não fosse mais importante para eles, eles nos deixariam ir embora com ele. O que resta em Kai é justamente a fagulha que eles precisam para acender a grande fogueira que eles prepararam. — Depois dessas breves palavras, Aldarion virou-se para seus inimigos e olhando para eles, analisou rapidamente a situação.

Muito bem rapazes, não podemos fugir, não que nos tenhamos esta intenção, então teremos que atacar. Eu não tenho nenhum arco ou besta, só uma faca de arremesso e ela não vai atravessar a distância daqui até eles, terei que me aproximar. Tenkai, fique aqui e proteja o Kai a todo custo. Serpico, pegue seu arco e me de cobertura, , suas flechas podem chegar até eles, mire seus primeiros ataques em Mormont, quando eu me aproximar dele, mude de alvo e procure atacar o mago. — Dito isso, aldarion rapidamente começou a correr em direção as escadas, subindo-as o mais rápido que podia, pretendia atacar Mormont que agora, por estar ferido não seria mais tão perigoso quanto antes.

Aldarion subiu correndo, porém com cuidado as escadas que o separavam de seus inimigos, ele sabia que eles tentariam algo pra impedir sua subida e não iria dar chance para que eles tivessem sucesso. Se conseguisse chegar até Mormont o espadachim o atacaria visando propositalmente a garra ferida do capitão, o plano de Aldarion não era cortá-la fora mas sim deix-alo mais furioso ainda de ver que seu inimigo estava tentando aleijá-lo. Aldarion sabia, um oponente furioso é um oponente forte porém, fácil de enganar.
Goldsilver Ironsteel
Goldsilver Ironsteel
Desbravador
Desbravador

Número de Mensagens : 503
Idade : 34
Localização : Santos-SP.
Reputação : +30 Wanted :
0 / 1000 / 100

Data de inscrição : 14/09/2010

Ficha do personagem
Exp: 3195/4000
Lvl: 4
HP: 100%

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ilhas Gêmeas

Mensagem por Bluesday em Qui 07 Jun 2012, 1:36 am

Tenkai ao lado de Aldarion, observavam a distância deles até Mormont, que ferido, jorrava seu sangue. O elfo deu uma leva olhada para sua própria espada e notou a pintura de sangue do capitão em sua lâmina.

Novamente voltou sua atenção para Mormont e ficou a fita-lo. Entre uma olhada e outra, o elfo também conferia a situação do mago misterioso, que permanecia como estava.

" Hm... Esse cara, nem mesmo se meche, o que será ele ou o que? "

Aldarion que não se demorou muito, logo foi dando novas instruções a seus companheiros, porém, para Tenkai, a função dele em ficar protegendo Kai não daria em nada, afinal Kai já estava praticamente esgotado, e Mormont não seria tão estupido de tentar pegar ele de nós. Mas o que mais incomodava o aventureiro era aquele mago e as últimas palavras de Mormont.

" Destruir Ruff. Esse cara acredita mesmo que irá conseguir. Se ao menos o tal bloqueio que Kiur mencionou não estivesse ativo... Espere... Bloqueio? "

Imediatamente o elfo olhou arregalado para o mago, e em um segundo Tenkai ficou serio sobre o que acabou de pensar.

" Esse mago, deve ser ele que está impedindo Kiur de descobrir a origem de tudo, quem sabe se talvez eu matar esse mago ou ferir, talvez eu consiga pelo menos um pouco de tempo para Kiur conseguir localizar e de alguma maneira chegar aqui igual Sérpico faz para se mover de um lugar para o outro "

Embora Tenkai ouvia tudo com atenção o que seu companheiro falava, ele prestava mais atenção em seu plano particular. Esperaria Aldarion ir na frente, e logo em seguida iria junto. Aldarion não poderia ficar perdendo tempo tentando convencer o elfo de ficar, e Sérpico estava la para proteger Kai, e se algo acontece-se, o elfo voltaria bem rápido, pois sabia que obtinha a velocidade superior a todos ali e sentia que a mesma havia aumentado, sabia que ele já não era mais o mesmo Tenkai de quando saiu do Templo do General. E seria isso seu trunfo para acertar o mago.

Assim que Aldarion partiu, esperou 5 segundos e o seguiu. O elfo demonstrava que iria fazer um ataque sincronizado contra Mormont, e o capitão furioso como demonstrava, parecia já não estar prestando tanta atenção como antes nos movimentos de ambos, pois ele já sabia que tentar se adaptar a dois guerreiros acostumados a mudar seus combos, seria inútil.

Tenkai ao se aproximar mais de Mormont, e fingindo movimentos de ataque contra ele, faltando apenas um segundo ou dois para Tenkai desferir um ataque, o elfo simplesmente se movimenta mais rápido do que nunca, utilizando novamente seu Spirit Elf, que lhe concedia maior velocidade, e o simples fato do elfo se sentir mais veloz. E Mormont que já não conseguia acompanhar perfeitamente o elfo, agora menos ainda, se tivesse sorte, conseguiria notar um vulto em seus olhos, sem saber para onde foi. Talvez o capitão pensa-se que Tenkai se teleporto para trás dele ou algo do tipo, isso era uma possibilidade. Mas o foco do elfo agora era o mago, pois acreditava plenamente que aquele mago estava impedindo Kiur de realizar o que pretendia.

Aquele seria o movimento mais rápido da vida de Tenkai, seria um corte no pescoço do mago super veloz, e se por milagre o mago desvia-se, o elfo sacaria seu facão longo que estava em suas costas escondida ou pegaria uma das facas de arremesso que estava firme em sua cintura, e acertaria o mago em alguma parte vital do corpo do sujeito, como coração, pescoço, rins, etc. O que o elfo queria era causar um tremendo estrago. E se pude-se, faria mais de um ataque para garantir a morte do mago.

" Aquele General sempre apreciou a barbaridade de alguns dos guerreiros do Templo, pena que ele nunca ira ver essa que farei agora "

Bluesday
Bluesday
Desbravador
Desbravador

Número de Mensagens : 437
Idade : 29
Localização : Lá com os cent's...
Reputação : +30 Wanted :
0 / 1000 / 100

Data de inscrição : 06/12/2010

Ficha do personagem
Exp: 4860/6000
Lvl: 7
HP: 100%

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ilhas Gêmeas

Mensagem por Sérpico em Sex 08 Jun 2012, 9:22 pm

Sérpico já se pegou algumas vezes fantasiando. Fantasiando com um dialogo maroto com alguém, geralmente uma garota, explicando sua habilidade com toda pompa de gente importante. “É algo impossível de detalhar”, diria, “para você entender como funciona o teleporte, você tem de estar nele”. Então aproveitaria para levar a jovem consigo a algum lugar. Sérpico deduzia que esta era uma ótima maneira de assaltar o coração de uma donzela. Mas no fundo, Sérpico não sabia explicar mesmo. O teleporte. Nunca entendeu a fundo sua habilidade. Apenas a usava, como se fosse algo natural.

Tolo que era. Por fantasiar uma besteira como essa e por nunca se interessar em entender a fundo a magia.

Agora Sérpico tinha um pensamento nostálgico. Quando ficou paralisado por uma força maior, sendo atirado para longe como se fosse mais leve que uma brisa, se recordou de sua fantasia, e imaginou uma explicação de como era ficar paralisado por magia. “É estranho”, diria, infeliz, novamente sem saber explicar.

Pois, como de costume, foi tudo muito rápido, sem dar chance ao entendimento.

Estava dando tudo certo. Movimentou-se para perto de Kai e o arrastou pra longe do inimigo. E de repente já não tinha controle sobre si. Algo lhe apanhou, algo como uma mão invisível, e começou a lhe encher, petrificando suas juntas, neutralizando movimentos. Depois foi erguido e atirado e se estatelou no chão do navio perto dos companheiros. Só então soltou o ar que estava preso no pulmão, e os movimentos voltaram ao normal.
"Magia, maldita magia", pensou. Interpretou que algumas costelas deveriam estar quebradas por causa da queda, mas sua preocupação foi para Kai, que fora arremessado também. Por sorte o marinheiro estava junto de si, e aparentemente bem. Exceto que dormia.

– Droga Kai, acorda – Sérpico estava fraco, e demorou a se levantar, tratando de deixar Kai atrás de si.

Quase caiu no chão de novo, por causa do súbito tremor que teve inicio. Agora, Sérpico sentia, a verdadeira ameaça estava vindo, e aquele terremoto era o prólogo. Com esse pesar, Sérpico foi em busca de seu arco, sacando duas flechas para dedicar a alguém. Virou-se para ver os inimigos, e fez mira com as mãos tremulas. Só não sabia dizer se tremia por causa do terremoto ou por causa do medo. Mais provável que fosse as duas coisas.

E, seguindo as orientações de Aldarion, disparou as duas setas contra o capitão mutilado. Sérpico escolheu um ombro como alvo, para quem sabe prejudicar os movimentos do braço. O braço em questão era o são, sem ferimentos. Deveria ser o suficiente para ocupar Mormont enquanto Aldarion e Tenkai se aproximavam.


Off: To com MP 10. Costumo tirar depois do turno.
Sérpico
Sérpico
Andarilho
Andarilho

Número de Mensagens : 251
Reputação : +30 Wanted :
0 / 1000 / 100

Data de inscrição : 09/10/2008

Ficha do personagem
Exp: 625/1000
Lvl: 4
HP: 100%

Ver perfil do usuário http://sonatadotorinks.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ilhas Gêmeas

Mensagem por Gin em Qui 14 Jun 2012, 3:47 pm

O senso de urgência que já assolava a todos aumentava agora. Não só pelo terremoto contínuo, que era um fator crucial naquele momento, mas também pela sensação de perigo crescente que o mago emanava com a sua aura misteriosa. Qualquer que fosse o resultado dessa briga, sabiam que o fim estava próximo tanto para o bem quanto para o mal.

Os companheiros não perderam tempo: enquanto Aldarion e Tenkai corriam na direção dos inimigos, Sérpico preparou uma de suas poucas flechas e tomou mira. Tentaria acertar o capitão enquanto este estava desestabilizado com o ataque anterior. Apesar de tudo, sentia que poderiam ter uma chance de vitória.

Os guerreiros aproximavam-se rapidamente. Aldarion já havia subido as escadas sem qualquer problema quando algo que não esperavam aconteceu. Mormont olhou para ambos e sorriu.


Mrkuh Azzombrah!Gritou um encantamento em uma língua estranha que não compreendiam. Subitamente sua pele, tanto humana quanto de caranguejo, parecia se solidificar. O sangramento de sua pata parou e, o que foi o pior, do ferimento brotaram inúmeros tentáculos finos e longos que poderiam perfurar facilmente qualquer um dali. Eram tantos e moviam-se tão rapidamente que era impossível contar a quantidade de tentáculos.

Não poderiam parar agora e, por isso, foram em frente. Aldarion levantou sua espada ao mesmo tempo em que Sérpico disparou. Sua seta foi precisa, acertando o ombro de caranguejo do capitão. Entretanto, a pele que parecia mais sólida realmente estava assim, fazendo com que o flecha rebatasse no ombro de Mormont e caísse, quebrada, sem maiores perigos. Ao menos tinha conseguido distrair seu inimigo, possibilitando que Aldarion se deslocasse sem problemas. Mirou um corte nos tentáculos, pensando que poderia cortá-los fora a partir do ferimento de onde tinham surgido. A ideia era boa, porém a execução não: a espada cortou três tentáculos e, de onde cada um foi cortado, dois outros surgiram no lugar, rodopiando e ameaçando o guerreiro.

Começou a se defender e a desviar dos tentáculos e não via saída ou brecha para atacar. Aliás, estava tão concentrado em desviar e defender-se que não conseguia formular qualquer tipo de estratégia de ataque. Somente foi chegando para trás. A estratégia do capitão Mormont era deixar os tentáculos abrir uma brecha na defesa de Aldarion e atacar, com sua espada, nessa brecha.

Nesse meio tempo, Tenkai deslocou-se com agilidade até o mago, não dando atenção para a outra luta. Conseguiu chegar no mago sem qualquer obstáculo e baixou sua espada para atacá-lo. Essa investida, porém, foi bloqueada por uma barreira invisível que parecia ser a aura dourada ao redor do mago. Por mais que forçasse ou tentasse de outros pontos não conseguia penetrar da defesa de seu oponente. Foi nesse momento em que seus olhos apurados captaram algo estranho.

Uma iluminação esbranquiçada emanava na parte da frente da cintura do mago. Pelo que podia ver era uma pedra do tamanho de um punho de uma criança. Parecia ser totalmente lisa, pelo menos a pequena parte que a roupa do mago não escondia. Seria aquele pequeno artefato a pedra que tanto procurava, o motivo de ter partido em primeiro lugar nessa missão?

Subitamente sentiu que um gancho puxava-no para trás. Saiu quicando pelo chão do navio até bater na grade de proteção do navio. Seu corpo estava inteiro cortado e seu rosto estava sangrando compulsivamente. Estava cheio de ferpas de diversos tamanhos enfincados por todo lugar, mas ao menos sabia o que tinha que fazer: tomar aquela pedra. Como faria isso?

Enquanto Sérpico preparava outra flecha para ajudar Aldarion, ouviu um leve sussurro. Olhou para trás e viu que Kai estava falando, com os olhos um pouco abertos. Largou tudo e abaixou-se até sua boca.


Sérpico .. sérpico..Dizia, com a voz muito fraca...O mag - mago é.. a chave.. ele é a .. chave.Em seguida desmaiou novamente.



< Tenkai, tomou 13% de dano e está com o corpo todo ferido, sangrando e ralado. Isso não prejudica seus movimentos e nem o sangramento implica em maiores perda de HP, por enquanto. Acredito que esteja com 20% de MP >

_________________


L$:--
Atributos:
Força Física:3
Força Mágica:2+1
Velocidade de Ataque:5
Velocidade de Movimento:5
Precisão:2+1
Vitalidade:3+1


Montaria: Choudon
Spoiler:

Força Física:5+1
Força Mágica:1
Velocidade de Ataque:2
Velocidade de Movimento:4
Precisão:3
Vitalidade:5+1
_____________________________________________
Gin
Gin
Narrador
Narrador

Número de Mensagens : 788
Idade : 28
Reputação : Neutro Wanted :
0 / 1000 / 100

Data de inscrição : 16/10/2008

Ficha do personagem
Exp: 900/1000
Lvl: 4
HP: 87%

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ilhas Gêmeas

Mensagem por Bluesday em Sex 15 Jun 2012, 10:45 am

Tenkai havia avançado com sucesso, porém trombou com um empecilho ao chegar próximo ao mago. Uma barreira, uma maldita barreira impediu o elfo de atacar. E em seguida algo segurava o elfo e o arremessava com força, fazendo o guerreiro rolar pelo caminho todo e se ferindo bastante e ficando cheio de farpas pelo corpo. Logo o elfo colidiu com a grade do navio.

Nesse instante o elfo deu uma forte puxada de ar, tossindo seco e cuspindo sangue. Quando conseguiu controlar seu corpo e parar de tossir e cuspir, o elfo escutou por um momento a voz de Kai.

Sim. O mago é a chave. Mas ele também é a porta, que precisa de uma chave especial para abri-la.

Tenkai concordava com Kai e ia se levantando. Suas roupas estavam completamente rasgadas, eram apenas trapos agora. Logo o elfo foi retirando as mesmas e a jogando no piso do navio. Apenas ficou com a camisa protetora e uma bermuda feita de seda de cor branca. O elfo havia retirado tudo, inclusive suas botas e seu facão longo. Apenas deixou as facas de arremesso que estavam presas a seu corpo, uma em cada perna e outra em sua cintura. As farpas continuaram grudadas ao corpo do elfo.

Essas roupas só estavam atrapalhando meus movimentos. Irei lutar a moda do templo, usando apenas a vestimenta de baixo daquelas que completaram seu treino e foram enviados para algo maior.

Entretanto, por mais que o elfo se senti-se mais confortável sem todo aquele vestuário, podendo ficar mais ágil. No entanto, ele ainda não sabia como parar o mago.

Aquela pedra, ela é mais poderosa e problemática do que eu imaginava. Se eu ao menos pude-se usar a Unlimited Blade Works, mas mesmo eu usando, não poderia fazer nada, por mais que eu copiei várias, nenhuma delas é capaz de sobre-julgar aquela barreira — Tenkai ficou um pouco pensativo — Como superar uma barreira tão poderosa, na qual somente sombras e luz conseguem passa-la?

Nesse momento o elfo teve um estalo.

" Espere, se eu tivesse uma espada de luz, quem sabe eu consegui-se... Mas como eu iria fazer isso, não posso usar minha magia por completo e nunca ouvi falar em uma espada assim. Se eu ao menos pude-se criar minhas próprias espada, assim como eu crio meu mundo alterntivo "

Tenkai ficou em silencio naquele momento, olhou para as palmas de suas mão e a ficou observando com um pouco da boca aberta. Quando ele a fechou e ficou com uma expressão seria.

EU POSSO! Eu irei forjar minhas próprias armas. — Tenkai volta seu olhar para seus companheiros e seus inimigos e calmamente observa o perigo que estão e a dificuldade que os dois estão passando — Desculpe meus amigos, irei ficar ausente por algum momento.

Tenkai guarda sua espada élfica em sua bainha e junta as mãos uma sobre a outra, com os dedos abertos como se estivesse segurando uma espada e começa a se concentrar.

O elfo concentrar toda sua energia. Ele imagina sua espada na qual quer cria-la. Repentinamente uma música estimulante veio a sua mente. Talvez estivesse relembrando seu passado sem saber. Quando os guerreiros de onde ele viva, voltavam para casa vivos e vencedores. E faziam uma grande festas em comemoração a isso, com músicas alegres e de coragem.

Música na mente de Tenkai.
https://www.youtube.com/watch?v=QnpygoTWF0I&feature=related

" Visualize... Estruture... De forma... Forje! "

AAAAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH!!!!

Por mais que ele estivesse machucado e com pouca energia sobrando, ele se sentia mais vivo do que nunca e transbordando de poder. Tal poder que fez surgir o espírito élfico, que começou a tomar forma, a forma de uma mulher muito bela. Estava atrás do elfo sobre a cabeça do aventureiro. Era sua mãe, na qual ele já não lembrava mais como era, porém isso marca um fato que ocorreu antes de sua mãe morrer. Ela era uma poderosa maga, e sendo quem era, fez sua última magia antes de sua morte, e foi virar um espírito que estaria sempre com Tenkai, para ajuda-lo e a protege-lo.

Uma grande ventania se formava em volta do elfo. O grito do guerreiro se tornava intimidador. Seu sangue começava a escorrer por seu nariz, saindo de sua narina esquerda e deslisando por seu rosto, passando pelo canto da boca e a bochecha e indo pra o queixo e começava a gotejar na ponta do queixo.

Certamente o elfo estaria fazendo um enorme esforço mágico, e seu corpo parecia esta sofrendo efeitos colaterais, começando com o sangramento nasal. Porém isso era necessário. Tenkai precisava aprender naquele momento a criar suas próprias armas.

Vamos. Eu preciso construir. Construir uma espada que ultrapasse qualquer bairreira, que sobre-juge o poder desse mago. Eu preciso vencer, eu tenho que vencer EU VOU VENCER, NÓS VAMOS VENCER!

Uma grande luz começava a se forma em volta de Tenkai e a ventania começava a aumentar. O elfo estava apostando tudo que tinha nisso. Nunca em seus 999 anos de vida ele havia tentado algo como aquilo. Talvez não houvesse motivação para tal, e Mormont e o Mago parece que foram o gatilho para Tenkai desperta seu verdadeiro poder.

A espada tomava forma finalmente. O corpo do elfo irradiava um brilho intenso e seus cabelos voavam para cima, indo para trás.

Ahhh! — A espada enfim tomou sua forma final — LUMINOUS SWORD

Tenkai apreciava sua nova espada, feita totalmente de luz, agora ele poderia ultrapassar a barreiro com a sua espada. Logo voltava seu olhar sério para o centro da batalha. Em seguida o elfo disparava novamente contra o Mago.

" O vento é meu guia e minha velocidade. Assim como tal me tornarei uma tempestade que nem Mormont poderia imaginar. "

VAMOS ALDARION. NÃO TEMA, SUPERE SUAS FORÇAS. SÉRPICO VENÇA SEU PESSIMISMO. KAI NÃO PODERÁ FAZER MAIS NADA, ENTÃO FAÇA ALGO A MAIS POR ELE, SE TORNE TÃO IMPORTANTE E PODEROSO COMO KAI PARECE SER. ESSA LUTA SOMENTE DEPENDE DE NÓS. SE REVIGOREM!

Tenkai partia para cima do mago, com a música em sua cabeça, com a adrenalina esvaindo por cada poro de seu corpo, encorajando seus companheiros, pois ainda sim o elfo precisava da ajuda de Aldarion e Sérpico. Mas agora Tenkai tinha que se concentrar em seu ataque. Se focou no mago e acelerou mais ainda. Faria um golpe rápido e fatal no mago. Suficiente para pelo menos desconcentrar o mago e larga aquela pedra amaldiçoada e com sorte, desfazer a barreira que impedia Ruff de rastrear o epicentro da magia.


oFF - Gin, retire o mp que você achar necessário para meu post, e se for necessário, retire também um pouco de hp, para poder completar a mp necessária. Embora não seja a Unlimeted Blade Works em sua forma completa, que gasta 50% mp, acredito que criar apenas uma espada gaste menos, mas também sei quem vem o fator da primeira vez.

E minha MP eh 30% pois gastei 50% na Unlimeted Blade Works e duas ativações do Spírit Elf.
Bluesday
Bluesday
Desbravador
Desbravador

Número de Mensagens : 437
Idade : 29
Localização : Lá com os cent's...
Reputação : +30 Wanted :
0 / 1000 / 100

Data de inscrição : 06/12/2010

Ficha do personagem
Exp: 4860/6000
Lvl: 7
HP: 100%

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ilhas Gêmeas

Mensagem por Goldsilver Ironsteel em Sex 15 Jun 2012, 11:20 pm

A situação de Aldarion era crítica, de uma hora para outro ele se viu rendido pelo capitão, completamente desamparado pelos ataques incessantes dos tentáculos afiados e sedentos por seu sangue. Aldarion agora se via sem espaço para manobrar ou atacar, tudo que ele podia fazer era se defender esquivando-se e aparando. Defesa esta que só era possível graças ao tamanho enorme de sua lâmina que permitia o bloqueio de muitos tentáculos de uma só vez, mas mesmo assim ele sabia que precisava retomar controle da situação.

" Maldito! Monstro maldito! Como vou fazer contra ele? São muitos tentáculos e agora ele está mais resistente que antes. Espere, deve haver uma fraqueza, é claro que tem uma fraqueza. Pense Aldarion, pense!"

Aldarion estava absorto em seus pensamentos bloqueando os ataques do capitão sem parar.

"Se eu cortá-lo aparecerão mais tentáculos e tenho a certeza que isso será em qualquer parte do corpo. Se eu abaixar minha guarda pra tentar atacar serei picado pelos tentáculos ou atravessado pela espada dele. Espere, eu estou conseguindo me defender bem aqui, assim, tudo que preciso é distrair Mormont para que Serpico e Tenkai cuidem do mago. Mas como farei pra resistir? Eu preciso vencer ele ou morrerei."


"Espere um pouco, se ele pudesse fazer isso sempre e de forma indefinida já teria feito no começo da batalha matando eu e Tenkai, provavelmente deve ter uma limitação para o uso dessa habilidade, talvez depois de um tempo ele volte a ser o que era antes sem tentáculos e pele endurecida. Ele se focando em mim é bom porque esquece meus camaradas, apesar de não poder atacar ele, ou melhor, acho que posso atacar ele! É claro, ataques cortantes liberam mais tentáculos mas e um ataque contundente? Talvez se eu só bater de chapa com a espada eu consiga machucá-lo sem causar cortes. É isso que vou fazer!"

Aldarion havia definido sua estratégia, para ele nada mais importava, nem o mago nem a ilha nem o mundo, para ele era Mormont e ele, e apenas isso. Com total concentração Aldarion sentia a adrenalina dominar seu corpo enquanto ele bloqueava os ataques de Mormont com maestria, ele não podia atacar mas Mormont não conseguia acertá-lo, pelo menos até o momento. Seu plano era sustentar esta defesa com maestria ganhando tempo para seus amigos atacarem o mago, no momento certo a energia de Mormont acabaria e ele voltaria ao que era antes. Aldarion só esperava que essa energia acabasse antes do mago finalizar seu ritual, de qualquer forma caso Mormont desse uma brecha Aldarion atacaria ali com força batendo com a parte chata da espada, com a chapa da lâmina, mas só atacaria se tivesse certeza de que poderia fazer isso sem virar carne moida. Se Mormont não apresentase uma brecha Aldarion continua se focando na defesa porque era só o que ele pdoeria fazer, tomando todo cuidado é claro pra não ficar sem espaço ou cair do navio. É claro também que se o capitão conseguisse atacar Aldarion como queria, ele focaria sua defesa na espada negra proque tinha certeza que ela era mágica e o golpe dela era muito mais fatal que o ataque de 100 tentáculos.

Uma coisa é certa, se Aldarion certasse Mormont, ele aproveitaria o fato de estar batendo com a chama para empurrar o capitão com a força do golpe, pois sem um fio para fatiar a força do impácto seria toda contida pelo corpo do inimigo proporcionando um empurrão, apesar de Mormont ser mais forte e mais estável que Aldarion por ter mais pernas, ele poderia cair por não esperar esse tipo de estratégia de ataque visto que ele tinha dificuldades em se adaptar rapidamente ao inimigo.

A sorte estava lançada.
Goldsilver Ironsteel
Goldsilver Ironsteel
Desbravador
Desbravador

Número de Mensagens : 503
Idade : 34
Localização : Santos-SP.
Reputação : +30 Wanted :
0 / 1000 / 100

Data de inscrição : 14/09/2010

Ficha do personagem
Exp: 3195/4000
Lvl: 4
HP: 100%

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ilhas Gêmeas

Mensagem por Sérpico em Dom 17 Jun 2012, 7:46 pm

Guardou o arco.

O oponente de Aldarion se revelava bem longe de sofrer derrota, estava novo e folha, e Sérpico decidiu que suas flechas não prestariam muito. Da mesma forma, pouco conseguiria contra o mago.

Pouco conseguiria com suas flechas...
“Esse navio deve ter alguma coisa mais progressiva”, pensou, enquanto vasculhava os arredores com os olhos. Sua busca era por uma arma rotineira em navios. Aquelas que disparam arpões, ou catapultas menores. Qualquer coisa. Ao achar, tentaria rapidamente aprender como funciona fazendo mira desajeitada contra o feiticeiro. Iria deixar Aldarion desamparado por um tempo para conseguir manter o feiticeiro ocupado. Pois até que se prove o contrario, a ameaça maior ali era o carinha sentado e não o monstro caranguejo com tentáculos infinitos.

Enquanto Tenkai falava sozinho como se estivesse em um show de pantomima, Kai murmurava algumas coisas que pouco serviam à Sérpico. Ele falava sobre o mago, algo relacionado a uma chave. Não. O mago era a chave!. Seja lá o que isso significava.
“Deve ser a chave da destruição”, pensou Sérpico, suando frio. Daí que veio a idéia de atacá-lo.

Caso não achasse alguma arma própria do navio para atacar, Sérpico tentaria outro tipo de ação: Iria correr para a alavanca ou manivela que pendia a ancora da navegação e, com a força que não sabia se tinha, começaria a erguer o peso de ferro que estagnava o navio, girando a manivela. Depois, a passos largos, correria até alguma amurada com remos e passaria a empurrar o navio da costa, tentando desesperadamente por a embarcação em direção de saída. No caso de haver cordas prendendo o navio à terra, Sérpico passaria a lâmina nelas, libertando o veiculo.

Se tudo desse certo, o que Sérpico sabia ser pouco provável, o jovem colocaria o campo de batalha em alto mar. Tinha pouca pericia, era verdade, mas também tinha o costume de aprender rápido. Dali iria para o leme.


“Se afastar esse navio das Ilhas e da costa de Lodoss, quem sabe criamos uma distancia no efeito da magia. Isso se esse cara for o epicentro do apocalipse”, pensou, olhando de relance para o feiticeiro. “Se conseguirmos afastá-lo... Ainda há esperança”.

Esperança para a Península. Pois Sérpico já não achava possível derrotar os inimigos em combate singular. Ao menos minimizaria o efeito da magia. Ao menos pensava que isso seria realmente possível e que conseguiria comandar o barco.
Sérpico
Sérpico
Andarilho
Andarilho

Número de Mensagens : 251
Reputação : +30 Wanted :
0 / 1000 / 100

Data de inscrição : 09/10/2008

Ficha do personagem
Exp: 625/1000
Lvl: 4
HP: 100%

Ver perfil do usuário http://sonatadotorinks.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ilhas Gêmeas

Mensagem por Gin em Ter 19 Jun 2012, 11:47 pm

Off: Processo de finalização da aventura. Escutem alguma música épica para ler o post, sério o/ Eu meti uma soundtrack do Senhor dos Anéis para fazer.

On:

Sérpico logo partiu a procura de outra alternativa para ganhar a batalha. Verificou que não havia nenhuma arma poderosa pelo convés. Imaginava que talvez tivesse alguma coisa guardada no subsolo, porém sabia que não tinha tempo para sair procurando. Resolveu que a segunda alternativa era mais viável, já que via algumas cordas prendendo o navio à costa da caverna secreta daquela cidade perdida. Correu até lá, guardando seu arco.

Contou três cordas, dispostas em intervalos de 3 metros. Sacou sua espada e cortou essas cordas. Com algum pesar viu que a maré era fraca ali e não havia qualquer vento, apesar do pequeno terremoto que aumentava constantemente. Mesmo assim via que o navio se movimentava lentamente em direção à saída. Virou as costas e correu para o leme, calculando que demoraria tempo demais para o navio finalmente se deslocar até mar aberto.

Corria rapidamente e logo já estava ao lado de Kai, ainda desmaiado. Viu-se impedido de continuar em frente pela cena que desenrolava-se com todos na proa do navio.

Tenkai começou, com muita força de vontade, algo inusitado: usaria sua habilidade como um gatilho para praticamente criar uma nova habilidade. Era ousado, mas talvez não tivessem outra escolha já que uma maneira convencional de vencer essa batalha estava fora de questão.

Seu corpo começou a brilhar e sentiu a força da magia invadindo-no. No entanto, viu-se estagnado ali. Aquele era o processo de sua habilidade Blade Works, que não tinha forças para fazer, e não de uma nova habilidade. Isso não era uma surpesa grande. O elfo não era um mago, com capacidade e poder mental avançado para combinar as sutilezas dos elementos para criar algo novo e sim um guerreiro, acostumado com o campo de batalha e decisões rápidas. Sentia que suas forças o abandonavam.

Não iria desistir. Esvaziou sua mente de qualquer dúvida e, em seu lugar, encheu-na de esperança e confiança de que isso era possível. Seu corpo começou a tremer e seus ferimentos, que não eram até ali tão graves, começaram a sangrar constantemente. Estava banhado de suor.

Enquanto isso Aldarion travava sua guerra particular com uma criatura que surpreendia-no a cada rodada. Apesar de ser um excepcional guerreiro, sentia que a fadiga estava aumentando e desacelerando seu corpo. Afinal, era humano e tinha puxado seu corpo ferido por muitas provas até ali. Sua estratégia de esperar o efeito da magia acabar não estava dando certo e sentia que logo seria subjugado pelo experiente capitão. Restava-no esperar por uma brecha, uma falha no ataque de Mormont.

Seus olhos experientes logo perceberam um padrão no ataque do capitão Mormont. Viu que havia alguns instantes entre o último tentáculo e o golpe de espada. Era, realmente, somente um instante mas talvez pudesse aproveitar. Agora estava lutando por si e sua honra e não se importava tanto em salvar a todos.

Foi naquele momento, onde Sérpico começou a se movimentar novamente para o leme e que um vento particular fazia os cabelos de Tenkai se esvoaçarem, que o mago abriu os olhos. Seus olhos eram da cor da aura que estava tão brilhante que parecia sólida, um dourado profundo. O único que via essa cena era Sérpico e isso foi suficiente para enraizá-lo novamente em seu lugar. Via nos olhos do mago tamanho poder de destruição e uma maldade tão profunda que toda sua esperança parecia drenada. O terremoto aumentava agora muito mais rapidamente que antes, pedras caíam da caverna no mar e no navio. Do lado de fora, na praia da Península de Ruff, o mar começava a invadir a terra, engolindo cada vez mais areia e chegando na base das casas dos moradores, que se abraçavam, tentando consolarem-se uns aos outros. Do lado de fora da estalagem Stallion um grupo de pessoas estavam reunidas, de mãos dadas e em profunda concentração. Os esforços das figuras de Kiur e Perseu era, no entanto, inútil. Nada poderiam fazer contra a força da natureza, que havia despertado e estava lançando sua fúria naquela ilha longínqua.

Aldarion, que estava com tanta adrenalina em seu corpo, não sentia ou via nada disso, já estava planejando seu golpe. Calculou com perfeição a tempo dos ataques oponentes e lançou-se para frente, ignorando qualquer outra coisa. Esse movimento pegou o capitão Mormont completamente de surpresa. O guerreiro estocou com sua espada, mirando bem no meio do peito de Mormont. Sentiu que sua lâmina tinha atravessado mais do que pano e por um momento sentiu que havia ganho, até que um próprio sentimento de perfuração foi sentida por Aldarion. Olhou para baixo, com um sorriso ainda nos lábios.

Pelo menos seis tentáculos haviam atravessado seu corpo, pingando sangue do outro lado de seu corpo. Via pelo menos que quatro haviam atravessado seu torso e sua barriga e outras dois suas pernas, um tentáculo para cada perna. Caiu de joelhos no chão, mas recusava-se e perder a consciência ou a deitar naquela madeira imunda. Iria enfrentar sua morte de olhos abertos e mente calma.

Parabéns.. Mestre das Lâminas.Disse Mormont, segurando seu peito.Não sou uma criatura de ter honra.. mas creio que eu morreria com um pouco mais de força sua.Continuou, com pesar. Estava arfando.Adeus.Completou, puxando seu braço de caranguejo.

Os tentáculos sumiram. Porém isso não iria ajudá-lo em nada, que sentia sua vida escorrendo juntamente com o sangue que jorrava de seu corpo. Não mais poderia ficar de pé. Viu, com alguma satisfação, que havia ferido o capitão Mormont. Seu sangue verde saía de um ferimento profundo de seu peito. Seus tentáculos haviam sumido, mas sua pele ainda tinha aquela aparência sólida de antes. Afinal, tinha feito certo: a habilidade do capitão não iria terminar e o que tinha feito era a única coisa que poderia ter sido feita mesmo. Seus olhos pesavam.

Sérpico viu essa cena de Aldarion e isso foi o que fez sua mente voltar ao lugar. O guerreiro estava morrendo, talvez já morto, e não poderia ficar ali parado deixando o mundo ruir ao seu redor. Fúria era o que tinha invadido seu corpo e mente agora. Cerrou os dentes e foi correndo até a escada que levava ao leme com o único pensamento de matar a todos os inimigos que visse em sua frente.

Tenkai, nesse meio tempo, estava em outro plano. Estava tão absorto e concentrado no que tinha que fazer que não sentia que sua vida estava terminando como a de Aldarion. Sua essência e a força vital que o mantinham vivo estavam sendo utilizadas naquele único pensamento de fazer uma arma que poderia matar acertar o mago. O que não sabia, porém, era que essa arma teria que ser tão incrivelmente poderosa que consumiria sua vida. O elfo não sabia, mas quem quer que tivesse conduzindo seus pensamentos agora sabia.

Subitamente sua mente voltou do estado de limbo onde estava. Olhou para baixo e viu que seu corpo estava vermelho de sangue. Não havia um único local que não tivesse ensanguentado por todo seu corpo, mas isso pouco importava. Em suas mãos via uma espada semelhante à sua élfica feita totalmente de uma luz branca e pura. Sorriu e tentou levantar-se mas viu que não poderia. O esforço que tinha feito havia cobrado seu preço: encostou-se na proteção do navio, semi-consciente. A arma que havia feito perdeu a forma, porém uma pequena esfera de luz branca estava em suas mãos.

Sérpico chegou ao leme. O mago agora apoiava o Capitão Mormont e estavam caminhando até a ponta do navio. Começou a correr na direção dos dois quando uma pequena esfera de luz branca se meteu em sua frente. Como era linda: parecia a luz de onde todas as outras luzes surgiram, algo acima da magia e do poder. Algo puro que não poderia ser controlado ou usado pela sua própria vontade. A pequena esfera rodeou-no algumas vezes e foi morrer em suas costas.

Sentiu que seu arco ficava quente. Tirou-no das costas, guardando sua espada, e viu que a pequena esfera de luz branca agora possuía seu arco mágico. A luz envolveu seu arco, que brilhava em consequência. Subitamente sabia o que tinha que fazer. Armou seu arco sem nenhuma flecha. Logo uma flecha de pura luz branca formou-se em suas mãos, pronta para ser disparada. Flexionou ser arco como nunca havia feito antes e disparou.

O poder que a flecha liberou foi tamanho que Sérpico foi arremessado para trás voando muitos e muitos metros até bater violentamente no chão do navio e arrastando-se até a outra ponta, onde finalmente parou, desmaiado e ferido fatalmente.

A flecha foi tão rápida que parecia viajar na velocidade da luz. Ela encontrou-se com a aura do mago, atravessando-na, indo morrer na altura da cintura do mago onde explodiu naquela pedra que haviam visto antes. Feito isso a pedra voou do corpo do mago, fazendo com que a aura, juntamente com todo o processo do terremoto e desmoronamento findasse instantaneamente. Além disso, a explosão foi tamanha a ponto de começar outro processo de desmoronamento, dessa vez natural, que estava contido somente na área da cidade perdida. O mar estava invadindo o local, tomando a cidade para si.

Os três guerreiros não viam nada disso. Todos estavam morrendo e não mais poderiam permanecer naquele mundo. Desmaiaram sabendo que não acordariam mais e rezando para que tivessem salvado a ilha. Era a única coisa que poderiam esperar daquele suicídio de aventura.


-- // --

Acordaram, os três juntos, em camas confortáveis. Sabiam que não estavam mortos pois seus corpos doíam tanto que não conseguiam mover. Olhando ao redor, lentamente, viam que suas armas estavam em cabeceiras ao lado de suas camas. A decoração sugeria que estavam em algum hotel de alto padrão. Poderiam estar na Estalagem Stallion de algum jeito?

< Lá mesmo o próximo post de vocês! Postem a respeito desse post e continuem como se estivessem acordando e tão esgotados que não conseguem se mexer Segue link: CLICAE >




- Nota - Segue relato do alto conselheiro chefe da ilha de Lodoss, último de sua ordem, Perseu com relação a ameaça do mago da natureza e a pedra de Kjeen:

A tarde estava em sua hora final quando o que era, evidentemente, o poder da natureza transmutado fez sua aparição inicial. Obviamente que o Alto Conselho nada poderia fazer com relação àquilo já que servíamos ao próprio Deus que agora voltava sua atenção contra nós.

Nosso destino estava selado com o mar que invadia a Península de Ruff banhado de poder maligno. Foi naquele instante que a maioria dos membros do Alto Conselho reuniu-se em um, algo que não acontecia na história desde o momento em que a guerra entre Hylidrus e Takaras havia terminado. Unimos nossos poderes para dar a Lodoss tempo suficiente para tentar salvar o maior número de pessoas.

Foi quando o destino nos sorriu pela primeira vez desde o começo de meu relato. Tão súbito quanto surgiu, a força subjugante cessou e dissipou sua aura ameaçadora. Naquele momento senti a presença de um aprendiz meu e fui ao seu encontro.

O que vi foi o navio Tomador dos Mares, do Capitão Mormont e lá estava meu aprendiz, ao meu lado. Seu pequeno contingente de aventureiros, salve um, estavam ao seu redor e também um dos conselheiros desaparecidos. Mormont e o responsável pela ameaça não estavam ali e com algum estudo descobri que estavam viajando por terras onde não poderia atingi-los. Reuni todos, que estavam perto da primeira morte, e levei-nos daquele lugar condenado que estava sendo tomado pelo mar natural.

Aqui termina meu relato oficial.

_________________


L$:--
Atributos:
Força Física:3
Força Mágica:2+1
Velocidade de Ataque:5
Velocidade de Movimento:5
Precisão:2+1
Vitalidade:3+1


Montaria: Choudon
Spoiler:

Força Física:5+1
Força Mágica:1
Velocidade de Ataque:2
Velocidade de Movimento:4
Precisão:3
Vitalidade:5+1
_____________________________________________
Gin
Gin
Narrador
Narrador

Número de Mensagens : 788
Idade : 28
Reputação : Neutro Wanted :
0 / 1000 / 100

Data de inscrição : 16/10/2008

Ficha do personagem
Exp: 900/1000
Lvl: 4
HP: 87%

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ilhas Gêmeas

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 12 de 12 Anterior  1, 2, 3 ... 10, 11, 12

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum